Joachim Löw deixará o comando da seleção alemã após a Eurocopa

0
10


Vencedor da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, o técnico tinha contrato até 2022, mas decidiu quebrá-lo por motivos pessoais

EFE/ Sascha SteinbachJoachin Low deixará a seleção alemã após a Eurocopa

A Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão) comunicou nesta terça-feira, 9, que o treinador Joachim Löw deixará o comando da seleção nacional após o final da Eurocopa, que foi adiada por um ano devido à pandemia do novo coronavírus e será disputada entre os dias 11 de junho a 11 de julho de 2021. Vencedor da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, o técnico tinha contrato até 2022, mas decidiu quebrá-lo por motivos pessoais.

“Tomo este passo muito conscientemente, cheio de orgulho e com enorme gratidão. Mas, ao mesmo tempo, me mantenho muito motivado no que toca à próxima Eurocopa”, afirmou o treinador, que ocupa o cargo desde agosto de 2006. “Sinto-me orgulhoso porque foi muito especial e uma honra ter estado envolvido com o meu país. E porque pude trabalhar com os melhores jogadores do país durante quase 17 anos e apoiá-los no seu desenvolvimento”, prosseguiu.

Löw começou a sua trajetória na seleção alemã em 2004, sendo auxiliar de Jurgen Klinsmann. Dois anos depois, ele já estava à frente da Alemanha no Mundial de 2006, realizado em casa. Além do tetracampeonato de 2014, ele também participou da conquista da Copa das Confederações de 2017. “Tive grandes triunfos com eles e derrotas dolorosas, mas, acima de tudo, muitos momentos fantásticos e mágicos. Não apenas conquistar o Mundial de 2014, no Brasil. Permanecerei grato à DFB, que sempre me deu e à minha equipe um ambiente de trabalho ideal”, completou o treinador, que viu a Alemanha cair de rendimento nos últimos anos, caindo na fase de grupos da Copa do Mundo de 2018 e, no final do ano passado, sendo goleado por 6 a 0 diante da Espanha.





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui