Itália segura Espanha ‘à italiana’, vence nos pênaltis e volta a decidir a Euro – 06/07/2021 – Esporte

0
26


A Itália venceu a Espanha nesta terça-feira (6) nos pênaltis por 4 a 2, em Wembley, e está na final da Eurocopa. É a segunda eliminação consecutiva dos espanhóis imposta pelos italianos, que chegam à sua primeira final desde 2012, quando foram derrotados por 4 a 0 justamente pela Espanha.

No período mais glorioso da história da seleção espanhola, a Fúria havia conseguido resultados expressivos sobre a Itália.

Em 2008, a vitória nas quartas de final veio nos pênaltis. Na edição seguinte, um empate na primeira rodada e a vitória por 4 a 0 na final ficaram para a história com a conquista do bicampeonato europeu seguido, o terceiro de sua história.

Os italianos deram o troco em 2016, ao eliminar os espanhóis nas oitavas de final por 2 a 0. Nesta terça, levaram a melhor novamente e ampliaram a invencibilidade da equipe para 33 partidas sob o comando de Roberto Mancini.

Em busca de seu segundo título na competição (o primeiro veio em 1968), a Itália aguarda o vitorioso na partida entre Inglaterra e Dinamarca, que acontece nesta quarta-feira (7), às 16h, também em Wembley. A transmissão é do SporTV.

O primeiro tempo da partida desta terça foi morno, com maior domínio da Espanha na posse de bola, enquanto a Itália tentava subir ao ataque pelo lado esquerdo, com boas arrancadas de Emerson Palmieri e Chiesa. O brasileiro naturalizado até acertou o travessão em um chute perigoso de perna esquerda.

O panorama do jogo mudou na segunda etapa. Os italianos explodiram na construção de jogadas e o gol saiu em um contra-ataque que começou com o goleiro Donnarumma e durou apenas 16 segundos. A bola sobrou para Chiesa, o atacante olhou para a meta defendida por Unai Simón e bateu de direita, no ângulo, abrindo o placar.

A Espanha, que dominou a posse de bola, conseguiu o empate aos 34 minutos do segundo tempo, numa triangulação entre Olmo e Morata. Os doi s jogadores confundiram cinco italianos com a velocidade dos passes. Morata recebeu dentro da grande área, de frente para Donnarumma, e finalizou deslocando o goleiro.

Na prorrogação, os times sofreram com o cansaço. Enquanto os italianos se fecharam na maior parte, os espanhóis tocaram mais a bola e tentaram construir bons lances pelo meio de campo, como é a característica do time. Restou às equipes, no entanto, passar pelas penalidades.

Locatelli, em cobrança defendida por Unai Simón, perdeu para a Itália. Belotti, Bonucci, Bernardeschi e Jorginho converteram. Os espanhóis Gerard Moreno e Thiago Alcântara balançaram a rede, enquanto Olmo (para fora) e Morata (defesa de Donnarumma) desperdiçaram. Placar de 4 a 2 e classificação italiana para a alegria de sua torcida em Wembley.

Pelo lado italiano, os três brasileiros naturalizados entraram em campo. O lateral-esquerdo Emerson Palmieri e o meio-campista Jorginho começaram a partida. No segundo tempo, o lateral foi substituído, e Rafael Toloi veio a campo.



Fonte: Máquina do Esporte