Internacional oficializa saída de Eduardo Coudet do comando da equipe

0
9


Segundo a diretoria colorada, o treinador pediu demissão ontem e aceitou proposta para trabalhar no Celta de Vigo, clube espanhol que disputa a La Liga

MAX PEIXOTO/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDOEduardo Coudet estava no Internacional desde o fim de 2019

Após especulações sobre uma possível saída do técnico argentino Eduardo Coudet, o Internacional oficializou que o treinador e sua comissão técnica não trabalham mais na equipe masculina. “O Sport Club Internacional comunica que o técnico Eduardo Coudet e os demais integrantes de sua comissão técnica pediram demissão dos respectivos cargos na noite de domingo (8) por conta de uma proposta de trabalho recebida. Os desligamentos foram confirmados nesta segunda-feira, com os encaminhamentos pertinentes atrelados as rescisões. Também deixam o clube o auxiliar Ariel Broggi, o preparador físico Octávio Manera, o auxiliar de preparação física Guido Cretari e o analista de desempenho Carlos Fernandez”, diz a nota.

Em pronunciamento, o presidente Marcelo Medeiros disse que foi surpreendido com o pedido de demissão de Coudet. “Fomos surpreendidos com um pedido de demissão de forma irrevogável e irretratável. Ficamos conversando com ele, tentando entender o pedido de afastamento. Hoje pela manhã houve notícias vindas da Espanha e da Argentina, e agora há pouco mais de uma hora, quando Coudet deixou o CT, ele nos comentou que tinha aceito um convite para treinar um clube da Europa. Assim, ele e seus auxiliares deixam o clube”, disse.

A proposta de trabalho recebida foi do Celta de Vigo, time espanhol que está em 17º lugar na tabela do Campeonato Espanhol, onde Coudet foi jogador em 2002. O verdadeiro motivo para a saída do treinador seria diferenças com a atual diretoria e a falta de reforços que ele pedia. O clube gaúcho passa por uma crise de bastidores e se aproxima da eleição de novo presidente.

Desempenho do Internacional de Eduardo Coudet

Coudet deixa o Internacional na liderança do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos, e classificado às quartas de final da Copa do Brasil e às oitavas de final da Copa Libertadores. Contratado no fim de 2019, o argentino dirigiu a equipe em 46 jogos, com 24 vitórias, 13 empates e nove derrotas – aproveitamento de 61,5%. Ainda não há informações sobre quem dirige a equipe no duelo desta quarta-feira, 11, contra o América-MG, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A tendência é de que o técnico do sub-20, Fábio Matías, assuma a função interinamente.

*Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui