Inter de Milão vence Verona por 1 a 0 e ganha fôlego para conquistar o título italiano de forma antecipada

0
9


Juventus voltou a decepcionar e ficou no empate por 1 a 1 com a Fiorentina fora de casa; Udinese fez 4 a 2 no Benevento e subiu para a 11ª colocação

EFE/EPA/MATTEO BAZZIInter está invicta há 17 jogos e precisa de apenas mais duas vitórias nas últimas cinco rodadas para se sagrar campeã italiana pela 19ª vez

Depois de dois empates consecutivos, a Inter de Milão sofreu, mas derrotou o Hellas Verona por 1 a 0 neste domingo, 25, em casa, no Giuseppe Meazza, em duelo da 33ª rodada, e ganhou fôlego para conquistar o Campeonato Italiano de forma antecipada. A vitória magra foi assegurada com gol do lateral-direito Darmian no segundo tempo. O triunfo deixa a Internazionale com 79 pontos, 13 a mais que o arquirrival e vice-líder Milan, que ainda entra em campo no fechamento da rodada, segunda-feira, 26, diante da Lazio. Logo, o time do técnico Antonio Conte conta os dias para voltar a conquistar o título nacional e interromper a hegemonia da Juventus com o primeiro scudetto em 11 anos.

A Inter está invicta há 17 jogos e precisa de apenas mais duas vitórias nas últimas cinco rodadas para se sagrar campeã italiana pela 19ª vez em sua história sem depender de nenhum outro resultado. O Verona estacionou na décima colocação, com 41 pontos. A Inter de Milão não foi brilhante, mas conseguiu ser superior ao adversário e fez o suficiente para vencer em casa. A dupla de ataque formada por Lautaro Martinez e Lukaku não foi eficiente como costuma ser, mas os dois deram trabalho para a defesa do Verona, especialmente o argentino, que obrigou boas defesas do goleiro Silvestri. O lateral-direito marroquino Hakimi também teve boa atuação e não foi às redes por pouco. Ele acertou um arremate no travessão e fez o goleiro adversário se esticar para defender uma finalização rasteira. O gol saiu aos 30 minutos. Darmian, que entrara no lugar de Perisic, recebeu de Hakimi na ponta esquerda e finalizou por baixo, no canto esquerdo de Silvestri.

Vale ressaltar que o Verona fez uma boa partida e assustou os anfitriões em mais de uma chegada ao ataque, uma delas com o volante brasileiro Daniel Bessa, ex-Goiás. Os visitantes chegaram a balançar as redes, mas o árbitro viu falta em Handanovic e anulou o lance. O goleiro, na verdade, não foi sequer tocado pelo atacante do Verona, que foi mais rápido que o arqueiro na disputa de bola pelo alto e mandou para o gol, contando com a falha do adversário ao tentar encaixar a bola. O juiz, porém, considerou que houve falta e “salvou” a Inter.

Juventus x Fiorentina

Já a cambaleante Juventus voltou a decepcionar e ficou no empate por 1 a 1 com a Fiorentina fora de casa. O time de Florença dominou a primeira etapa e saiu na frente com gol de pênalti anotado pelo atacante sérvio Vlahovic, mas a equipe de Turim conseguiu empatar com um belo gol de Morata no início do segundo tempo. Criticado por parte da torcida, Cristiano Ronaldo novamente passou em branco e teve uma atuação muito discreta. Embora o astro português não atravesse boa fase, é o artilheiro da liga italiana, com 25 gols, quatro a mais que Lukaku, o segundo na lista de goleadores do torneio. O ponto conquistado manteve a Juventus no terceiro lugar, com 66 pontos. No entanto, a Atalanta, quarta colocada, com um pontos a menos, joga neste domingo diante do Bologna, e pode ultrapassar o time de Turim. Com uma campanha ruim, a Fiorentina ocupa apenas o 14º posto, com 34 pontos. Também neste domingo, a Udinese fez 4 a 2 no Benevento fora de casa e subiu para 11ª colocação, com 39 pontos, enquanto que o time treinado pelo ex-goleador italiano Filippo Inzaghi está à beira da zona de rebaixamento, na 17ª colocação, com 31 pontos, a três do Cagliari, que abre a degola.

* Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan