Hermoso processa Rubiales por beijo na final da Copa – 06/09/2023 – Esporte


A jogadora espanhola Jenni Hermoso abriu um processo contra Luis Rubiales pelo beijo forçado que recebeu do presidente da Federação Espanhola de Futebol (RFEF) na final da Copa do Mundo de 2023, complicando ainda mais o futuro do dirigente.

Fontes do Ministério Público informaram nesta quarta-feira (6) que a queixa foi apresentada um dia antes e era fundamental para que o processo judicial pudesse avançar, após a promotoria da Audiência Nacional (ANE) abrir uma investigação preliminar contra o dirigente por “suposto crime de assédio sexual“.

A partir de agora, a promotoria da ANE apresentará formalmente a sua denúncia contra Rubiales “o mais rapidamente possível”, detalharam as fontes.

“No caso de crimes de natureza sexual, é necessário denunciar a pessoa acusada”, explicaram fontes da promotoria à AFP.

Recentemente, uma reforma do Código Penal espanhol determinou que um beijo não consensual pode ser considerado agressão sexual, uma categoria criminal que agrupa todos os tipos de violência sexual.

“Ela deu um passo exigido pela legislação penal para investigar e julgar o ocorrido. Agora é o Estado que deve estar à altura. E estará. Temos as leis necessárias e um Ministério Público que demonstrou seu compromisso com a igualdade e contra a violência sexista. Acabou”, escreveu na plataforma X (antigo Twitter) a delegada do Governo contra a Violência de Gênero, María Victoria Rosell.

As penas para um beijo forçado variam de multa a quatro anos de prisão, detalhou o MP espanhol.



Folha de S.Paulo