Governadora de Tóquio promete sistema de saúde pronto para Olimpíada

0
5


Por Antoni Slodkowski e Ami Miyazaki

TÓQUIO (Reuters) – A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse nesta terça-feira que um número suficiente de hospitais, combinado a uma aceleração da vacinação dos idosos, deixa a cidade pronta para realizar uma Olimpíada “segura e protegida” dentro de dez dias.

Mas Koike, que concedeu uma entrevista à Reuters na sede do governo da capital, que há semanas também funciona como centro de vacinação, alertou que a pandemia de coronavírus está longe do fim e que a variante Delta em propagação continua sendo um risco.

“Muitíssimas pessoas serão vacinadas nos próximos dez dias e durante a Olimpíada. A maior mudança em resultado disso será uma queda substantiva na proporção de mortes e casos graves entre os idosos”, disse ela.

“Por causa disto, e porque o sistema médico está pronto, acho que podemos ir adiante com uma Olimpíada segura”, disse Koike, que voltou ao trabalho depois de uma pausa breve devida a uma fadiga que levou à sua hospitalização.

A capital japonesa entrou em seu quarto estado de emergência na segunda-feira, forçando bares e restaurantes a fecharem cedo, em meio a um repique de casos de Covid-19 que, na semana passada, levou os organizadores dos Jogos a proibirem espectadores em quase todos os locais de competição.

Os espectadores estrangeiros já haviam sido proibidos meses atrás, e agora as autoridades estão pedindo aos moradores que assistam o evento pela televisão para manter a circulação de pessoas, que poderia disseminar o contágio, no mínimo.

(Por Antoni Slodkowski)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6C0XB-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale