Goleiro do Brugge provoca Messi, Neymar e Mbappé após empate: ‘Não tive muito trabalho’

0
13


Simon Mignolet reconheceu o talento do trio do time francês, mas ressaltou que o trabalho coletivo da equipe belga prevaleceu

EFE/EPA/STEPHANIE LECOCQNeymar durante partida entre PSG e Club Brugge pela Liga dos Campeões

A primeira partida do Paris Saint-Germain com o ataque formado por Messi, Neymar e Mbappé foi frustrante. No embate diante do Club Brugge, na Bélgica, pela primeira rodada da Liga dos Campeões da Europa, o trio demonstrou pouco entrosamento, deixando o público decepcionado. Após o empate em 1 a 1, o goleiro do time belga, Simon Mignolet, tratou de fazer uma breve provocação com os badalados jogadores do PSG. “Não trabalhei muito, na verdade. Fiz duas ou três defesas, mas nada muito difícil”, falou o arqueiro, em entrevista coletiva.

O goleiro do Brugge, é verdade, reconheceu o talento do trio do time francês, mas ressaltou que o trabalho coletivo da equipe belga prevaleceu. “Não demos grandes chances de ataque. Você não pode marcá-los um a um, eles têm muita qualidade. Então, procuramos nos defender coletivamente para não deixar espaço”, completou Mignolet. Os números do confronto, de fato, mostram vantagem para o time belga, que finalizou mais (16 a 9), apesar de ter menos a posse de bola (36% a 64%). Na próxima rodada, o PSG recebe o Manchester City, no Parque dos Príncipes, no dia 28. No mesmo dia, o Brugge visita o RB Leipzig, na Alemanha.





Fonte: Jovem Pan