Ginés López leva Espanha a novas alturas com 1º ouro olímpico de escalada

0
7


Por Rozanna Latiff e Sam Nussey

TÓQUIO (Reuters) – O jovem espanhol Alberto Ginés López conquistou a primeira medalha de ouro olímpica da escalada da história nesta quinta-feira em uma final masculina eletrizante decidida no último instante na estreia olímpica do esporte.

O norte-americano Nathaniel Coleman ficou com a prata, e o austríaco Jakob Schubert superou uma desvantagem enorme na pontuação e venceu a etapa final da competição para levar o bronze.

Inaugurando a modalidade em Tóquio, a escalada olímpica exige que os atletas compitam em três eventos com placares combinados para se chegar a um vencedor geral.

O primeiro evento é o de velocidade, uma disputa cabeça a cabeça em uma parede de 15 metros, seguido pelo bouldering, que envolve habilidades para solucionar problemas para vencer obstáculos montados em uma parede baixa. A dificuldade, o último evento, é uma escalada cronometrada que testa a resistência dos atletas.

Ginés López derrotou o japonês Tomoa Narasaki na abertura da prova de velocidade, mas caiu para o quarto lugar após um desempenho ruim no bouldering.

Mas o jovem de 18 anos manteve a compostura no evento de dificuldade, que terminou em quarto – o suficiente para colocá-lo na liderança do ranking geral e conquistar o primeiro ouro do esporte.

“É um sonho realizado. Não esperava mesmo por isso. Não esperava chegar à final. Um sonho realizado”, disse Ginés López aos repórteres.

Sua vitória foi uma comprovação da juventude relativa da escalada, já que o norte-americano de 17 anos Colin Duffy também chegou à final.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH741AG-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale