Gabriel recebe a camisa 15 do São Paulo, exalta Crespo e explica posicionamento

0
10


Na conversa com os jornalistas, o meio-campista também revelou ter conversado com o compatriota Matías Viña, que foi negociado pelo Palmeiras com a Roma, antes de fechar com o clube do Morumbi

Reprodução/Twitter/@SãoPauloFCGabriel é o novo reforço do São Paulo

Gabriel Neves foi apresentando nesta sexta-feira, 3, como novo reforço do São Paulo, no CT da Barra Funda, e recebeu a camisa 15 do clube. Em entrevista coletiva, o uruguaio exaltou o técnico Hernán Crespo, dizendo estar orgulhoso de trabalhar com o argentino. “Já havia falado com ele [Crespo] quando houve interesse do clube na outra vez. Ele [Crespo] me recebeu, já conversamos no treino. Me encanta trabalhar com ele, eu o acompanhava desde que estava no Defensa y Justicia, gosto muito do estilo de jogo dele. Por tudo o que fez como jogador e agora treinador, sinto muito orgulho de ter alguém como ele como técnico”, comentou o meio-campista.

Gabriel ainda explicou seu posicionamento, dizendo que pode jogar em todas as partidas no meio-campo. “Eu me sinto bem em qualquer lugar do meio-campo, faço de ‘enganche’ [meia-atacante], de volante; eu me sinto bem em qualquer posição”, disse o uruguaio, revelado pelo Nacional. O meia, porém, afirmou que não tem data para estrear. “Alguns jogos não joguei, mas me sinto bem fisicamente. Tenho que me adaptar um pouco aqui, é um tempinho de adaptação que preciso. Estou bem e com muita vontade de entrar no ritmo”, completou.

Na conversa com os jornalistas, Gabriel Neves também revelou ter conversado com o compatriota Matías Viña, que foi negociado pelo Palmeiras com a Roma, antes de fechar com o clube do Morumbi. “Somos muito amigos, ele (Viña) me felicitou quando se encerrou a negociação. Falamos quando ele veio para cá. Ele falou que o ritmo é outro e se joga muito mais. Ele ainda tem me ajudado nessa chegada. Eu me sinto bem em qualquer lugar do meio-campo. Quero ajudar”, disse o meio-campista, que já está treinando com o restante são-paulino e pode ser relacionado para a próxima partida do Tricolor, marcada para o dia 12 de setembro, diante do Fluminense.





Fonte: Jovem Pan