Fórmula 1 cancela GP da Turquia devido à pandemia da Covid-19 e anuncia mudança no calendário

0
14


A F1 alegou que o cancelamento foi determinado após as autoridades do Reino Unido criarem a imposição de quarentena de 14 dias para os viajantes da Turquia

Reprodução/Fórmula1.comGP da Turquia foi cancelado devido ao novo coronavírus

A Fórmula 1 informou nesta sexta-feira, 14, que o Grande Prêmio da Turquia, marcado para o fim de semana de 12 e 13 de junho, não poderá ser realizado devido às restrições que o país sofreu devido à pandemia da Covid-19. Desta forma, com o intuito de manter as 23 corridas na temporada 2021, a organização anunciou que a Áustria sediará duas corridas novamente, como foi em 2020. Em comunicado oficial, a F1 alegou que o cancelamento foi determinado após as autoridades do Reino Unido criarem a imposição de quarentena de 14 dias para os viajantes da Turquia, que viu os números de infectados e mortos pelo novo coronavírus aumentarem consideravelmente nas últimas semanas.

Assim, com o cancelamento da etapa turca, o GP da França será antecipado em uma semana (do dia 27 para o dia 20 de junho), e o circuito de Spielberg passa a receber rodada dupla, com o GP da Estíria em 27 de junho e o GP da Áustria em sua data original, 4 de julho. “Estávamos ansiosos para correr na Turquia, mas as restrições de viagem no local significam que não poderemos estar lá. A Fórmula 1 mostrou novamente que é capaz de reagir rapidamente aos acontecimentos e encontrar soluções, e estamos felizes porque teremos uma rodada dupla na Áustria, o que significa que nossa temporada permanece com 23 corridas. Quero agradecer aos promotores e autoridades da Turquia por todo os esforços, e aos promotores da França e Áustria por sua rapidez, flexibilidade e entusiasmo em acomodar essa solução”, disse o CEO da categoria, Stefano Domenicali.





Fonte: Jovem Pan