Fluminense pode pegar Manchester City em 2024 – 05/11/2023 – Esporte


Agora campeão da América, o Fluminense poderá tentar se tornar também campeão mundial. O título da Libertadores, conquistado neste sábado (4), após vitória sobre o Boca Juniors no Maracanã, coloca o time tricolor na Copa do Mundo de Clubes da Fifa, que será disputada em dezembro.

Ao lado do Fluminense, participarão do campeonato em Jidá, na Arábia Saudita, campeões de outras ligas continentais. Estão classificados:

  • Urawa Red Diamonds (JAP): Liga dos Campeões da Ásia 2022
  • Al Ahly (EGI): Liga dos Campeões da África 2022/23
  • León (MEX): Concacaf Champions League 2022/23
  • Auckland City (NZL): OFC Champions League 2023
  • Manchester City (ING): UEFA Champions League 2022/23
  • Al Ittihad (SAU): campeão da Saudi Pro League 2022/23
  • Fluminense: Campeão da Copa Libertadores 2023

O time carioca larga já na semifinal e encara o vencedor do embate entre o Al Ahly e quem passar da primeira rodada, entre Al Itihad e Auckland City. Se superar essa etapa, os liderados de Fernando Diniz podem encarar os de Pep Guardiola, do Manchester City, na final.

O tricolor é o décimo clube brasileiro a participar do Mundial e já tem vaga garantida também em 2025, quando estreia um novo formato para o torneio, com 32 times, a ser disputado nos Estados Unidos. Também já estão classificados o Palmeiras (campeão da Libertadores e vice-campeão do Mundial em 2021) e o Flamengo (campeão da Libertadores e terceiro lugar no Mundial em 2022). Ainda não há decisão sobre o formato de 2024.

Além do torneio da Fifa, o Fluminense terá a chance de uma revanche sobre a LDU de Quito. Os campeões da Copa Sul-Americana, coroados na semana passada, são os adversários dos donos do título da Libertadores na Recopa Sul-Americana, da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol). Em 2008, os dois times disputaram a final da Libertadores, com os equatorianos saindo por cima.

Um outro torneio internacional pode entrar na agenda do clube de Laranjeiras em 2024. No começo de 2023, a Conmebol anunciou, ao lado de sua análoga da América do Norte, Concacaf, estar estudando a criação de uma nova taça, a ser disputada entre os vencedores de torneios das duas regiões. Se se concretizar, o campeonato poderia reunir o Fluminense e o Inter Miami, de Lionel Messi, campeão da Leagues Cup.

A vitória na Libertadores também coloca o Fluminense na próxima edição do torneio sul-americano.



Folha de S.Paulo