Fluminense busca empate contra o River Plate em estreia na Libertadores

0
8


Tricolor das Laranjeiras levou gol aos 11 minutos do primeiro tempo, teve muitas dificuldades para igualar o jogo, mas conseguiu o empate com Fred no segundo tempo

EFE/ Silvia Izquierdo

De volta à Copa Libertadores após 8 anos, o Fluminense começou sua caminhada no torneio sul-americano com empate com o River Plate, no Maracanã, por 1 a 1. O resultado deixa as duas equipes empatadas com 1 ponto cada no Grupo D. Santa Fé e Atlético Junior, que também estão na chave, se enfrentam nesta quinta às 23h. Dentro de campo o jogo foi complicado para o Tricolor das Laranjeiras. Logo aos 11 minutos, o goleiro Marcos Felipe cometeu pênalti em Borré e o juiz marcou. Montiel foi para a cobrança e abriu o placar, colocando o time argentino em vantagem. A partir daí o Fluminense precisou se reorganizar para impor seu jogo e conseguiu equilibrar um pouco a partida, mas sofreu bastante com passes errados, faltas e não teve posse da bola no primeiro tempo.

No segundo tempo, o Fluminense ainda voltou mal e não conseguia manter a bola no pé para criar jogadas. O River continuou rodando bem a bola e teve uma chance aos nove minutos, com Marcos Felipe fazendo uma grande defesa. Mas mesmo com poucas chances e espaços, aos 20 minutos Fred empatou o jogo chutando no cantinho do goleiro Armani após passe de Cazares. Aos 32, Lucca recebeu de frente para o goleiro Armani, foi travado na hora do chute e o banco do Fluminense reclamou muito de pênalti, mas o árbitro marcou apenas escanteio. Aos 39, Cazares chutou cruzado e forçou Armani a fazer uma boa defesa. Apesar do ‘lá e cá’, a partida terminou empatada em 1 a 1.

Rodada foi ruim para brasileiros

Além do Fluminense, outros seis times brasileiros entraram em campo na primeira rodada da Libertadores. O Internacional perdeu para o Club Always Ready por 2 a 0, fora de casa, e começou se complicando na sua chave. Situação parecida com o Santos, que também perdeu para o Barcelona, mas na Vila Belmiro. O Flamengo venceu no sufoco o Vélez Sársfield, assim como o Palmeiras que marcou no fim e venceu o Universitario por 3 a 2. O time brasileiro que teve vida mais tranquila foi o São Paulo que jogou bem e venceu o Sporting Cristal por 3 a 0. O Atlético-MG ficou no empate com o Deportivo La Guaira.





Fonte: Jovem Pan