Filha de Pelé deixa EUA e antecipa retorno ao Brasil para acompanhar tratamento do pai

Kely Nascimento compartilhou um registro de carinho ao aparecer repousando sua mão sobre a do pai

Montagem sobre fotos/Reprodução/Instagram/@iamkelynascimentoPelé ao lado de sua filha Kely no Hospital Albert Einstein
Pelé ao lado de sua filha Kely no Hospital Albert Einstein

Kely Nascimento, uma das filhas de Pelé, deixou os Estados Unidos, onde vive, para acompanhar o tratamento do pai no Brasil. Na manhã desta segunda-feira, 12, ela utilizou o Instagram para afirmar que já está no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde o Rei do Futebol está internado desde 29 de novembro – de acordo com os médicos, a lenda do esporte está passando por uma reavaliação da terapia quimioterápica de um câncer no cólon e tratando de uma infecção respiratória. Através do “Stories”, Kely compartilhou um registro de carinho ao aparecer repousando sua mão sobre a do pai. Em outra postagem, mostrou um pouco do quarto e celebrou a possibilidade de poder trabalhar enquanto faz companhia ao ídolo nacional. A chegada de Kely, por outro lado, é inesperada. No final do mês passado, ela tranquilizou os fãs do tricampeão do mundo com a Canarinho e afirmou que só retornaria ao país-natal no Ano Novo.

No último boletim médico divulgado pelo Albert Einstein, divulgado na terça-feira passada, 6, o hospital afirmou que Pelé tem “melhora progressiva do estado geral”. Segundo os médicos que assinam o texto, o ex-jogador de 82 anos encontra-se em quarto comum “com sinais vitais e estáveis” e não teve novas intercorrências. Nas redes sociais, a equipe de comunicação está usando o perfil do Rei para falar sobre a Copa do Mundo. Na última sexta-feira, por exemplo, a página lamentou a eliminação da seleção brasileira nas quartas de final diante da Croácia. Até o momento, não há uma previsão de quando Pelé deixará o hospital.

Kely Nascimento

Kely Nascimento, filha de Pelé, compartilhou foto com o pai

 

 

 



Fonte: Jovem Pan