Fernando Diniz já projeta ‘decisão’ contra River: ‘Teremos de jogar no nosso limite’

0
17


“O que temos que esperar é um time supercompetitivo, um treinador ótimo, uma equipe tarimbada”, afirmou o treinador do São Paulo

Fernando Roberto/UAI Foto/Estadão ConteúdoFernando Diniz é o atual treinador do São Paulo

Com 18 pontos em dez jogos no Campeonato Brasileiro e dentro do G4 da competição, o São Paulo agora volta a pensar na Copa Libertadores da América. A equipe terá pela frente o River Plate, da Argentina, na quinta-feira, no Morumbi. Para o técnico Fernando Diniz, o time paulista terá de jogar “no limite”. Os quatro times do Grupo D estão com três pontos em duas rodadas disputadas até agora na Libertadores, que será retomada nesta semana mais de seis meses de paralisação em razão da pandemia de Covid-19. Por isso, Fernando Diniz afirmou que o jogo contra o River terá “caráter decisivo”.

“O que temos que esperar é um time supercompetitivo, um treinador ótimo, time tarimbado. Teremos de jogar no nosso limite”, disse Diniz, que não vê tanta vantagem do São Paulo por ter voltado a jogar antes, enquanto que na Argentina os jogadores ficaram mais tempo em quarentena. “É um fator que pode interferir ou não, mas não podemos nos basear nisso”.

O São Paulo não poderá contar com o atacante Luciano, que cumpre suspensão por três partidas por causa de uma confusão quando ainda defendia o Grêmio. O jogador tem sido destaque do São Paulo nos últimos duelos, com quatro gols marcados. “Espero que ele não faça falta, não dá para pensar no Luciano agora. Não sabemos ainda que vamos colocar, mas temos que acreditar que o jogador que entrar vai conseguir suprir a ausência do Luciano. Não dá para ficar pensando em quem não vai jogar”, afirmou Diniz.

*Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui