Equipe de rúgbi 7 da África do Sul faz quarentena e pode ficar fora da Olimpíada – 16/07/2021 – Esporte

0
9


Os 14 jogadores da seleção de rúgbi 7 da África do Sul, além de quatro membros da comissão técnica da equipe, terão que passar por um período de quarentena no Japão depois que um passageiro que estava no mesmo voo da delegação recebeu teste com resultado positivo para Covid-19.

A notícia foi dada aos sul-africanos na chegada ao Aeroporto Internacional de Narita, na província de Chiba, na última terça-feira (13).

Segundo o site Asahi Shimbun, o grupo de 18 pessoas se sentou próximo ao passageiro infectado. E, apesar de todos os testes feitos na delegação não terem identificado nenhum caso de contágio, o time está cumprindo isolamento no hotel, período que pode chegar a 14 dias.

Apenas três membros da comissão técnica, que não ficaram próximos à pessoa infectada, foram liberados pelas autoridades japonesas.

A competição de rúgbi 7 terá início daqui dez dias, em 26 de julho. Ou seja, a equipe terá que provar nos próximos dias que está livre da doença, senão ficará impossibilitada de competir na Olimpíada de Tóquio-2020. A África do Sul está no Grupo C e terá como adversários Estados Unidos, Irlanda e Quênia.

A equipe sul-africana passaria por um período de treinamento em Kagoshima (sudoeste do Japão). Essa atividade teve que ser cancelada.

Não é a primeira vez que uma seleção de rúgbi da África do Sul tem problemas para competir por causa da pandemia do novo coronavírus. Neste ano, a seleção principal da modalidade, que tem 15 jogadores em campo, foi atingida por um surto de Covid-19 durante preparação para série de jogos contra o Reino Unido e Irlanda.

Nos últimos dias, vários casos de Covid-19 relacionados aos Jogos Olímpicos foram reportados. Nesta sexta-feira (16), um membro da delegação da Nigéria teve que ser hospitalizado. O presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), Thomas Bach, por sua vez, afirmou que os Jogos serão seguros e que a Olimpíada não é culpada pelo aumento de casos no Japão.



Fonte: Máquina do Esporte