Em novos áudios vazados, presidente do Real chama Cristiano Ronaldo de ‘imbecil’

0
23


Além do até então principal jogador do time, o mandatário também criticou, em 2012, o grupo português formado pelo técnico José Mourinho, pelo zagueiro Pepe e pelo lateral-esquerdo Fábio Coentrão

Kiko Huesca/EFECristiano Ronaldo abraçando Florentino Perez

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, segue sendo o centro da principal polêmica do futebol espanhol. Em novos áudios vazados pelo jornal espanhol “El Confidencial”, nesta quarta-feira, 14, o dirigente detona Cristiano Ronaldo, uma das maiores lendas da história do clube – as gravações foram feitas em 2012. Além do até então principal jogador do time, o mandatário também criticou o grupo português formado pelo técnico José Mourinho, pelo zagueiro Pepe e pelo lateral-esquerdo Fábio Coentrão. “Este cara (Cristiano Ronaldo) é um imbecil, um doente. Você acha que ele é normal, mas não é, senão ele não faria tudo o que faz. A última besteira que fez foi vista por todo o mundo”, disse Florentino Pérez.

O presidente do Real Madrid seguiu criticando o atacante, mas também reclamou do ego de José Mourinho. “São pessoas com um ego terrível, ambos mimados, o treinador e ele. E não enxergam a realidade, pois ambos poderiam ganhar muito mais dinheiro. São dois anormais”, disparou. Ontem, o jornal já havia vazado áudios de 2006 de Florentino Pérez detonando o ex-atacante Raúl González e o ex-goleiro Iker Casillas, ambos membros do quadro atual do clube de Madri. “Casillas não é goleiro para o Madrid, o que você quer que eu diga? Não é, nunca foi. Foi um grande fracasso que tivemos. Um dos grandes golpes, o segundo é Raúl. Quando tivemos que jogar contra o Barcelona pelo título da Liga. Casillas chegou atrasado, eu não podia acreditar, ele estava conversando com a namorada. Uma piada. Ele é um cachorrinho de estimação”, afirmou à época o dirigente. “Beckham é um cara bom, muito esperto também. Ele traz 30 milhões (de euros) por ano, Ronaldo também, Zidane traz 25 milhões. E tem o Raúl, que não vende nada, nem mesmo uma camisa, ele não tem valor de mídia. Raúl é ruim para o clube, ele acredita que o Madrid é dele e usa tudo o que está nele para o seu benefício. Ele está sendo uma figura negativa, ele está destruindo o Madrid”, finalizou um dos áudios.

O Real Madrid, em nome do presidente Florentino Pérez, divulgou uma nota em que acusa o jornalista José Antonio Abellán de ter gravado essas conversas e tentar vendê-las há muitos anos. O mandatário afirma que irá procurar seus advogados para tomar as medidas cabíveis, alega que as falas estão descontextualizadas e diz entender que a divulgação dos áudios é uma resposta à sua participação na fundação da Superliga Europeia. Florentino Pérez começou sua trajetória pelo Real Madrid em 2000. O primeiro período durou até 2006, quando renunciou. Nesses anos, formou um grande elenco, conhecido como “galácticos”. Ronaldo, Zinedine Zidane, Luís Figo e David Beckham eram algumas das estrelas da equipe, que, apesar da fama, conquistou apenas dois títulos do Campeonato Espanhol e uma Liga dos Campeões no período. Mais tarde, em 2009, Florentino Pérez retornou à presidência do clube, onde permanece até hoje. Com a contratação bombástica de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid voltou ao patamar antes desejado e obteve o êxito futebolístico esperado no início do século. São três títulos do Campeonato Espanhol, quatro troféus da Liga dos Campeões e outros quatro do Mundial de Clubes.

 





Fonte: Jovem Pan