Em áudio vazado, Dunga detona Ramírez no Inter: ‘Não sabe dirigir a Ferrari’

0
6


Em áudio que circula nas redes sociais, o antigo treinador da seleção brasileira detona o espanhol e pedindo para que ele tenha respeito com os profissionais brasileiros

Montagem sobre fotos/Reprodução/Foto: JEFFERSON PEIXOTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO/CBFDunga detonou Miguel Ángel Ramírez após o Inter sofrer goleada diante do Fortaleza

Bicampeão gaúcho vestindo as cores do Internacional (1983 e 1984) e ex-técnico do clube, Dunga não economizou nas críticas ao falar de Miguel Ángel Ramírez, atual comandante do Colorado, que sofreu uma goleada por 5 a 1 diante do Fortaleza, em confronto realizado no último domingo, 6, e válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Em áudio que circula nas redes sociais, o antigo treinador da seleção brasileira detona o espanhol, criticando algumas declarações do profissional recém-contratado pela diretoria gaúcha e pedindo respeito ao jovem técnico, que teve boa passagem pelo Independiente del Valle (EQU). A veracidade do áudio foi confirmada pelo próprio Dunga.

“Vocês viram os posts que eu mandei falando dos treinadores brasileiros, né? Ele, como professor revolucionário, tinha que primeiro respeitar o país que abriu as portas para ele trabalhar. Meus pontos de vista: ele é tão bom que não trabalhou no país dele, tendo que ir trabalhar fora. Os principais treinadores do país dele são estrangeiros. Ele tem 100 jogos na primeira divisão como treinador e quer ensinar no Brasil. E ele ainda desrespeitou os treinadores do Inter, dizendo que jogavam por uma bola e tinham sorte. Não! O Inter teve treinador que foi campeão invicto do Brasil, algo que não vai acontecer mais. Tem campeão mundial, que era o Abel Braga. Está na cidade que tem dois campeões mundiais. Independente da qualidade dele, ele tinha que respeitar a história e não dizer que está tudo errado. Além disso, vamos agora mais forte, com o Abel, Edenilson e Patrick jogavam muito, Yuri era artilheiro e Cuesta o melhor zagueiro do Brasil. Esses jogadores não estão jogando. Não adianta falar em Ferrari se não sabe dirigir a Ferrari”, disse Dunga.

 





Fonte: Jovem Pan