É o 7! Dudu faz aniversário e mira Mundial para se eternizar no Palmeiras | Placar


Nesta sexta-feira, 7, o “novo” camisa 7 do Palmeiras faz aniversário. Dudu, ídolo alviverde que retomou a numeração que o consagrou pelo time paulista desde 2015, completa 30 anos e inicia a nova temporada já de olho no único troféu de peso que ele ainda não conquistou pelo Verdão: o Mundial de Clubes, que começa em 3 de fevereiro, nos Emirados Árabes. Seria, é claro, a sétima taça dele pela equipe.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Dudu chegou ao Palmeiras com 23 anos, em 2015, em um movimento que passou a simbolizar o início de um período dominante do clube no cenário nacional. Sua contratação pouco depois de o time ter sido quase rebaixado no Brasileirão foi o sinal mais claro da nova força financeira alviverde, graças ao patrocínio da Crefisa – com direito ao famoso “chapéu” nos rivais Corinthians e São Paulo.

Olhando para trás, o atacante se vê como alguém bem diferente daquele que, no início da trajetória, chegou a ficar marcado como um jogador “esquentadinho” em campo. Em sua primeira final pelo Palmeiras, no Paulista de 2015, ele foi expulso contra o Santos, saiu chorando e viu a equipe perder o título nos pênaltis.

“Quando cheguei ao Palmeiras, eu ainda era uma pessoa um pouco insegura, apesar de já não ser tão jovem. Mas hoje, graças a muitos fatores, amadureci em todos os sentidos e me considero um melhor jogador, melhor profissional e o mais importante: melhor pai. Sei que ainda tenho muito a melhorar e sigo em busca disso”, disse ele a PLACAR.

Continua após a publicidade

A maturidade fez bem a Dudu como atleta. As explosões de temperamento dentro de campo foram diminuindo com o passar dos anos, e os recordes foram aumentando. Artilheiro do século no Palmeiras, artilheiro do Allianz Parque, bicampeão da Libertadores, bicampeão brasileiro, campeão paulista e da Copa do Brasil. Mas o que significa, para ele, fazer 30 anos?

“Significa que o tempo passa rápido demais (risos). Até ontem, eu era um jovem sem conhecimento de nada, que tinha muitas dificuldades pra viver o dia a dia, mas eu sobrevivia com a ajuda de muita gente. Hoje, já estou completando 30 anos e quando olho pra trás, vejo o quanto foi difícil e como a vida passa de forma rápida”, afirmou.

É o 7! Dudu faz aniversário e mira Mundial para se eternizar no Palmeiras | Placar
Dudu em 2015 com a camisa 7 do Palmeiras: neste ano, ele voltará a usar o número preferido – Heitor Feitosa/VEJA.com

Com seis títulos importantes pelo Palmeiras – ainda que o Paulista e a Libertadores de 2020 tenham sido conquistados após seu empréstimo ao Al-Duhail, do Qatar, ele participou das duas campanhas -, os olhares agora se voltam para o Mundial.

O Palmeiras se reapresentou antes da maioria dos rivais, na última quarta-feira, 5, e já iniciou a preparação. Com uma novidade importante: Dudu, que em 2021 usou o número “4+3”, é novamente o camisa 7, com Rony assumindo a 10 que ficou vaga por Luiz Adriano, fora dos planos do clube.

“Em relação ao Mundial, a expectativa é muito grande e todos estamos bem motivados. Recomeçamos os trabalhos nesta semana e agora é contagem regressiva para chegarmos o mais preparado possível”. O Palmeiras estreia na competição da Fifa em 8 de fevereiro, na semifinal, contra o vencedor da partida entre Al Ahly, do Egito, e Monterrey, do México.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade



Fonte: Veja Esportes