Duílio Monteiro Alves pede paciência à torcida do Corinthians: ‘A hora de investir no futebol vai chegar’

0
13


Cobrado em protesto realizado em frente ao Parque São Jorge, presidente do Timão diz que entende a torcida, mas avisa: ‘A mudança de gestão exige tempo, paciência e união’

Rodrigo Coca/Agência Corinthians – 26/01/2021Duílio Monteiro Alves é presidente do Corinthians desde janeiro deste ano

Após o protesto realizado em frente ao Parque São Jorge na manhã do último sábado, 19, que reuniu as maiores torcidas organizadas do Corinthians, o presidente do clube, Duílio Monteiro Alves, manifestou-se para acalmar os ânimos e conter a crise. Na manifestação, integrantes da Gaviões da Fiel, Camisa 12, Pavilhão 9, Estopim, Coringão Chopp e Fiel Macabra cobraram jogadores e dirigentes, entre eles o próprio Duílio. Em suas redes sociais, o mandatário publicou um vídeo no qual diz entender a fúria dos torcedores, mas pede compreensão e paciência. “A gente tem trabalhado nos ajustes pedidos pelo torcedor nos últimos tempos, fazendo tudo que possa trazer mais transparência, capacidade de investimento e vitórias em um projeto de três anos. O corintiano exigiu melhorias na gestão e na transparência. Qual foi a nossa resposta? Em cinco meses, a gente trouxe duas das maiores consultorias do mundo: a Falcone a KPMG. Fizemos um corte de despesas em todos os departamentos. A redução da folha salarial já é realidade no futebol e no clube social. Já publicamos três relatórios financeiros neste ano. Nos primeiros quatro meses, tivemos um superávit de R$ 4 milhões”, disse.

Com uma dívida bilionária, o Corinthians iniciou o Campeonato Brasileiro sem a contratação de nenhum reforço e um elenco recheado de jogadores da base. No entanto, o mau início (uma vitória, um empate e duas derrotas) fez até torcedores mais otimistas temerem o rebaixamento. Em tom de ameaça, a torcida entoou cânticos como “ei, você aí, acabo com a sua vida se o Coringão cair”. Segundo Duílio, a austeridade de agora se dá justamente para que que o clube consiga formar um bom time em um futuro próximo. “Pode ter certeza: em breve, vai chegar a hora de investir no futebol. A diretoria sabe disso, e a gente continua pesquisando a solução das nossas carências em um mercado difícil. Assim como você, eu também não estou satisfeito. Sabemos da pressão por resultados no futebol, mas não podemos ter pressa ou vamos desperdiçar os avanços recentes. A mudança de gestão exige tempo, paciência e união.”

O presidente do Timão também prometeu estreitar a comunicação com os torcedores.  “Uma manifestação como a de hoje [ontem] não me deixa triste, pelo contrário. O corintiano que sofre, que torce e que ama o clube, sabe que a única solução para o Corinthians é a boa gestão nos próximos três anos. É assim que entregaremos um clube pronto e vencedor. Essa mudança pede um contato mais frequente entre nós. Olho no olho, sempre. Por isso, você vai saber tudo o que acontece por aqui. Vai entender aonde queremos chegar e, com certeza, vai apoiar”, finalizou. Nas redes sociais, torcedores elencaram questões não abordadas no vídeo: a participação dele em gestões anteriores, o formato do programa Fiel Torcedor (que causa inadimplência e desistências, principalmente pela mensalidade alta) e a perda de receita com eliminações precoces e campanhas ruins.

Veja o vídeo publicado por Duílio Monteiro Alves:





Fonte: Jovem Pan