Crespo lamenta imbróglio do São Paulo com Daniel Alves: ‘Não foi em um momento ideal’

0
9


Após a derrota para o Fluminense, na noite do último domingo, no Maracanã, o técnico argentino afirmou que o conflito aconteceu em um momento complicado para o Tricolor, já que os reservas imediatos do veterano não estavam à disposição

Foto: ALEXANDRE NETO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Hernán Crespo durante treinamento no São Paulo

Hernán Crespo, treinador do São Paulo, lamentou o imbróglio envolvendo o clube e Daniel Alveso lateral-direito foi afastado pela diretoria após se recusar a treinar enquanto sua dívida estiver em aberto. Após a derrota para o Fluminense, na noite do último domingo, no Maracanã, o técnico argentino afirmou que o conflito aconteceu em um momento complicado para o Tricolor, já que os reservas imediatos do veterano não estavam à disposição. “Para mim simplesmente é uma situação da diretoria. Uma questão pessoal com Daniel e eles devem se resolver e eu não devo entrar. Mas posso dizer que sim, não foi em um momento ideal, pelo fato de como mencionei antes, não termos Igor Vinicius (suspenso) para poder jogar e não teríamos Orejuela (machucado), além de ter uma situação nova que tivemos apenas algumas vezes no Paulistão com Galeano”, disse.

Crespo, porém, exaltou a disposição de Galeano, jovem paraguaio improvisado na ala-direita. “Dois dias atrás tivemos a situação de Dani Alves. Igor Vinícius não pode jogar e o seu substituto Orejuela teve uma pequena lesão no adutor. Tivemos que criar uma situação com Galeano que foi muito bem e gostaria de o parabenizar pelo seu esforço”, disse o treinador, que tenta recuperar o bom futebol do São Paulo. O próximo confronto do time paulista está marcado para estar quarta-feira, 15, no Castelão, em duelo decisivo pelas quartas de final da Copa do Brasil. Como o primeiro jogo terminou empatado em 2 a 2, o conjunto são-paulino precisa de uma vitória simples para avançar na competição.





Fonte: Jovem Pan