Corrida de São Silvestre exigirá comprovante de vacinação contra a Covid-19

0
9


Esquema de entrega de kits será dividido entre quem está completamente imunizado e quem tomou apenas uma dose

Rovena Rosa/ Agência BrasilTradicional corrida internacional acontece no dia 31 de dezembro, na Avenida Paulista

A Corrida Internacional de São Silvestre, que ocorre tradicionalmente no dia 31 de dezembro na capital paulista, exigirá comprovação de vacinação completa contra a Covid-19 ou teste do tipo RT-PCR para aqueles que tiverem tomado apenas uma dose. A medida está prevista no regulamento na prova que foi atualizado para prever as novas determinações do governo de São Paulo para a retomada de eventos com a pandemia. A organização da competição também impedirá a presença de público na Avenida Paulista, onde ocorre a chegada, como medida sanitária. Para os atletas com esquema vacinal completo, a retirada do kit para participação na prova ocorrerá nos dias 27, 28, 29 (das 9h às 20h) e 30 de dezembro (das 9h às 16h). Quem estiver com apenas uma dose da vacina e tiver que apresentar o exame, os horários são mais restritos.

Os que apresentarem o RT-PCR com validade de 48 horas antes de entrar no local, os dias são 29 (das 9h às 20h) e 30 de dezembro (das 9h às 16h). O atleta com apenas uma dose e teste negativo antígeno nasal com validade de 24 horas poderá retirar o kit apenas no dia 30 de dezembro. Além de levar a carteira de vacinação, no formato impresso ou digital no formulário oficial do Sistema Único de Saúde ou dos governos estadual ou municipal, o participante deve apresentar documento de identidade original com foto (RG, RNE, carteira de motorista ou passaporte). No local de retirada do kit também será exigido uso de máscara e distanciamento social. O atleta não poderá entrar no local se não apresentar os documentos necessários. A organização orienta ainda que não levem acompanhantes e que menores de 18 anos não poderão entrar.

*Com informações da Agência Brasil





Fonte: Jovem Pan