Corinthians descarta volta de Mano Menezes após técnico se envolver em caso de racismo

0
18


Gerson, volante do Flamengo, acusou Ramirez, do Bahia, de praticar injúria racial e relatou que treinador do time adversário menosprezou a reclamação do flamenguista

ALEXANDRE DURÃO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO – 20/12/2020 Mano Menezes na partida entre Bahia e Flamengo no último domingo 20, no Maracanã

O novo superintendente de marketing do Corinthians, José Colagrossi, afirmou nesta segunda-feira, 21, não apoiar a volta de Mano Menezes ao clube. O agora ex-técnico do Bahia foi demitido no domingo, 20, por se envolver em caso de racismo em confronto com o Flamengo, no Maracanã, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meio-campista rubronegro Gerson acusou Índio Ramírez, do Bahia, de praticar injúria racial em meio a uma forte discussão. Além da denúncia contra o adversário colombiano, Gerson reclamou da postura de Menezes diante do episódio. Sobre a volta do técnico ao Timão, Colagrossi afirmou à comentarista Letícia Beppler que “existem valores que são mais importantes do que qualquer resultado em campo”.

Após a partida, Gerson relatou que o treinador do Bahia menosprezou a reclamação do flamenguista. “Mano até falou ‘Ah, agora você é vítima, não é? O Daniel Alves te atropelou e você não falou nada’. Claro, porque teve respeito entre eu e ele. Eu nunca falei de treinador, mas o Mano tem que saber respeitar. Estou vindo falar aqui por mim e por todos os negros do Brasil”, relatou ao Premiere. Em nota anunciado a demissão de Menezes, o Bahia falou em “grave acusação de racismo” sobre o técnico. Ainda no domingo, Letícia escreveu que esperava “nunca mais ter que aguentar corinthiano pedindo a volta do senhor Mano Menezes”. “Por mim, já não pisaria mais no Clube desde as declarações lamentáveis em 2016”, tuitou. Em menção ao comentário de Letícia, Colagrossi diz que “respeito começa em casa, em nosso clube”. “Entendo que ele tem história com a gente, e respeito isso, mas existem valores que são mais importantes do que qualquer resultado em campo”, afirmou. Mano Menezes foi técnico do Corinthians por duas vezes, entre 2007 e 2010 e durante o ano de 2013.





Fonte: Jovem Pan