Com vitória sobre o Manchester City, Chelsea está na final da Copa da Inglaterra

0
13


A equipe de Londres irá para a decisão do torneio pela quarta vez nos últimos cinco anos; equipe adversária sofreu com a decisão do técnico Pep Guardiola de poupar alguns jogadores

EFE/EPA/Adam DavyHakim Ziyech, do Chelsea, comemora após marcar gol contra o Manchester City

O Chelsea venceu o Manchester City por 1 a 0 neste sábado, 17, e por isso está com a ida garantida à quarta final da Copa da Inglaterra nos últimos cinco anos. Ziyech foi o responsável pelo gol no tradicional estádio de Wembley que deu a vitória à equipe de Londres, que vai encarar o Leicester ou o Southampton no dia 15 de maio na tentativa de conquistar o novo título no torneio. Enquanto isso, o hexacampeão Manchester City parece ter sofrido com a decisão do técnico Pep Guardiola de poupar alguns jogadores: houve vários erros de passe e poucas jogadas efetivas.

O primeiro tempo ficou bastante pelo meio de campo, truncado, com as equipes fechadas, sem maiores oportunidades claras para ambos os lados. As poucas finalizações, apenas três para o City e duas para o Chelsea, foram prova disso. Na volta do vestiário, o City havia mudado um pouco o estilo de jogo, com maior posse de bola e agressividade na frente, mas não o suficiente para abrir o marcador. Aproveitando alguns erros de passe do adversário, o Chelsea abriu o placar aos 10 minutos da etapa final. Werner recebeu lançamento pela esquerda, com o sistema defensivo do rival mal arranjado, foi em velocidade para entrar na área e tocar para o meia Ziyech deixar o seu, com o gol livre, após o goleiro Steggen tentar interceptar a bola antecipadamente.

Três minutos depois, mais uma vez o Ziyech, em outra bobeada do Manchester City, chegou com muito perigo, mas Steggen salvou o que seria o segundo gol dos londrinos. Desse momento até o fim da partida, o Manchester City não tinha outra opção a não ser ir com tudo para cima dos rivais. E foi o que aconteceu, apesar de alguns contra-ataques impositivos do rival. A equipe de Pep Guardiola pressionava, mas sem sucesso para empatar o jogo. O lampejo vindo de uma jogada do brasileiro Gabriel Jesus com Sterling poderia ter colocado o placar em 1 a 1, não fosse a falta de pontaria do atacante inglês. No fim, o Chelsea segurou o adversário e se garantiu em mais uma final.





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui