Com um gol em três jogos sob Sylvinho, Corinthians busca virada improvável – 08/06/2021 – Esporte

0
10


Foi apostando em uma estratégia bastante defensiva que o Corinthians ganhou sua primeira partida sob comando de Sylvinho, no último domingo (6): derrotou o América-MG por 1 a 0, com um gol de pênalti, pelo Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (9), em compromisso válido pela Copa do Brasil, marcar bem não será suficiente.

Para se classificar às oitavas de final do torneio, o time alvinegro terá de virar o confronto com o Atlético-GO, que venceu o jogo de ida em São Paulo, por 2 a 0. No estádio Antônio Accioly, em Goiânia, a equipe paulista lutará para ao menos triunfar dois gols de diferença e levar a decisão da vaga para os pênaltis. Se vencer por três ou mais, avançará ao fim dos 90 minutos.

Não há na Copa do Brasil o critério de desempate dos gols anotados fora de casa. De qualquer maneira, é balançar a rede longe de Itaquera o que precisa fazer o Corinthians. O problema é que essa tarefa tem se mostrado muito complicada para a formação do Parque São Jorge em qualquer estádio.

Nas três partidas realizadas desde a chegada de Sylvinho, o único gol marcado pela formação preta e branca foi o de Fábio Santos contra o América-MG, em Belo Horizonte, em pênalti sofrido por Gustavo Mosquito. Foi uma rara jogada feliz de um time que não tem a criatividade com a bola no pé como ponto forte.

Essa dificuldade ficou clara justamente diante do Atlético-GO, que, além de vencer o jogo de ida em Itaquera pela Copa do Brasil, levou a melhor também no embate anterior: 1 a 0, três dias antes, no mesmo local, pelo Brasileiro. Ou seja, o que busca agora o Corinthians é alcançar múltiplas vezes o que não conseguiu em 180 minutos diante do mesmo adversário.

“Ganhamos do América-MG, e a vitória nos dá confiança. Confiança dos jogadores e da comissão técnica também. Nada melhor do que vencer antes de um jogo eliminatório, com a possibilidade de reverter. Gera confiança, uma leveza maior no grupo para a gente fazer um grande jogo e sair classificado de Goiânia”, disse o volante Gabriel.

Sylvinho não confirmou se manterá a formação cautelosa que deu resultado no final de semana ou se já entrará em campo com um time mais agressivo por causa do placar desfavorável. É possível que ele abra mão de um dos três volantes escalados no domingo e dê companhia a Luan no campo de ataque.



Fonte: Máquina do Esporte