Com goleiro improvisado, River Plate faz partida histórica e vence o Santa Fé na Libertadores

0
7


Desfalcado por surto de Covid-19, argentinos fizeram 2 a 1 e chegaram ao primeiro lugar no Grupo D, a frente do Fluminense

EFE/ Juan Ignacio Roncoroni

Desde o início da semana, o River Plate tentava na Conmebol a anulação do jogo desta quarta-feira, 19, contra o Santa Fé depois de um surto de Covid-19 atingir a equipe. O caso foi tão sério que o clube perdeu todos os quatro goleiros, não tendo quem escalar para a partida. O serviço então ficou para o experiente Enzo Pérez, que deu conta do recado e ajudou os Millonarios a vencerem por 2 a 1. Quem saiu na frente foram os argentinos com Angileri logo aos três minutos. Não demorou muito e aos seis, Álvarez ampliou o marcador. Somente no segundo tempo que o Santa Fé se lançou mais ao ataque e aos 28, Osorio fez um belo passe para Arias que apareceu livre e diminuiu o placar. Depois do gol os jogadores do River “estacionaram o ônibus” na defesa e não pouparam energias para ajudar Pérez a manter o gol seguro. A tática deu certo e a partida terminou 2 a 1. O resultado recoloca o River em primeiro no Grupo D, passando o Fluminense. Na última rodada da fase de grupos, os dois se enfrentam para definir o líder da chave.





Fonte: Jovem Pan