Com gol aos 45, Walter garante a vitória do Athletico-PR sobre o Jorte Wilstermann

0
10

Jogador não balançava a rede em um jogo profissional desde julho de 2018, quando ainda atuava pelo CSA

Divulgação/Athletico-PRGol da vitória do Furacão foi marcado por Walter

Depois de mais de seis meses de paralisação da Libertadores, o Athletico-PR foi o primeiro brasileiro a reestrear no torneio, e com um gol já no finalzinho, conseguiu os três pontos sobre o Jorge Wilstermann após vitória por 3 a 2 mesmo na altitude de mais de 2,5 mil metros de Cochabamba.

Os donos da casa saíram à frente no placar no estádio Félix Capriles aos nove minutos, com Álvares, que foi lançado nas costas da zaga e chutou na saída de Santos. Fabinho foi puxado na área aos 39, e o árbitro marcou pênalti, que Lucho González cobrou e converteu, deixando tudo igual. Na etapa final, aos dez minutos, o experiente brasileiro Serginho foi acionado com espaço na área e recolocou os aviadores em vantagem. Christian empatou aos 27, em bonita tabela com Fabinho, e, aos 45 Walter garantiu o triunfo ao receber de Jonathan na área e arrematar com força no cantinho esquerdo.

O jogador não balançava a rede em um jogo profissional desde julho de 2018, quando garantiu a vitória do CSA sobre o Sampaio Correa por 1 a 0, pela segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Depois disso, foi punido por doping e ficou afastado dos gramados por quase 20 meses. A vitória levou o Furacão à liderança do grupo C da Libertadores, com seis pontos, mesmo número do Coco-Colo, que leva a pior no saldo de gols. Também nesta terça, a equipe chilena recebeu o Peñarol e venceu por 2 a 1 de virada. O time segue na lanterna, com três pontos, mesmo número do Wilstermann, que leva a melhor nos critérios de desempate.

* Com EFE




Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui