‘Cada jogo tem uma regra?’, dispara Renato Gaúcho após empate com Santos

0
10


Treinador questionou os critérios da marcação do árbitro Wilton Pereira Sampaio em dois pênaltis para a equipe santista

RICARDO RIMOLI/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Polêmico em suas entrevistas pós-jogo, o técnico Renato Gaúcho voltou a questionar a arbitragem após o Grêmio empatar com o Santos em 3 a 3 pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. “Eu sempre falo que o árbitro tem que ir lá no VAR e hoje ele foi. Não estou criticando o árbitro, mas não pode ser cada jogo uma regra. Contra o Grêmio o árbitro vai no VAR, em outros jogos temos lances duvidosos a nosso favor e o árbitro não vai no VAR”, disse o treinador. Na visão de Renato, os dois pênaltis assinalados para o Santos no jogo desta quarta-feira, 03, na Arena do Grêmio, não foram causados intencionalmente pelos jogadores tricolores.

“O Mateuzinho sofreu a falta e ele estava colado com o adversário e a bola pegou no braço. No outro lance, o Luiz Fernando estava colado com o adversário e a bola pegou no braço. Aí eu perguntei para ele [Wilton Pereira Sampaio] e pergunto para vocês. Coloquem o lance da semifinal da Copa do Brasil quando o Geromel cabeceou e o jogador do Athletico-PR abriu o braço. Falaram que não foi pênalti porque o jogador do Athletico estava muito próximo da bola. Hoje meus jogadores estavam colados com os jogadores do Santos. Aí eu pergunto: ‘Cada jogo tem uma regra?’. Essa pergunta tem que ser feita para os especialistas de vocês”, comentou.

Veja mais da fala de Renato Gaúcho na entrevista pós-jogo:





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui