Brasil vence a República Tcheca por 4 a 0 e vai às oitavas da Copa do Mundo de Futsal 

0
23


Em partida disputada na Klaipeda Arena, na cidade de Klaipeda, sede do Grupo D, Ferrão (duas vezes), Rodrigo e Marlon marcaram para a seleção brasileira

Thaís Magalhães / CBFA seleção brasileira de futsal avançou às oitavas da Copa do Mundo com uma goleada sobre a República Tcheca

A seleção brasileira de futsal conquistou um excelente resultado na tarde desta quinta-feira, 16, ao golear a República Tcheca por 4 a 0 e avançar às oitavas de final da Copa do Mundo com uma rodada de antecedência. Em partida disputada na Klaipeda Arena, na cidade de Klaipeda, sede do Grupo D, Ferrão (duas vezes), Rodrigo e Marlon marcaram para o conjunto brasileiro. Agora, o Brasil chega aos seis pontos em dois jogos, assumindo a liderança isolada da sua chave. República Checa e Vietnã estão com três cada e se enfrentam na rodada final, marcada para este domingo, 19. Como passam os dois primeiros colocados de cada um dos seis grupos do Mundial e os quatro melhores terceiros, os brasileiros encaram os panamenhos, em último sem pontuar, para garantir a primeira colocação. Os dois jogos serão às 10 horas (de Brasília).

O resultado positivo foi importante para o Brasil fugir de um cruzamento antecipado contra a Espanha, outra favorita ao título mundial, já nas oitavas de final. Para isso, foi preciso muita paciência contra os checos, rivais mais fortes nesta fase de grupos. No primeiro tempo, o time comandado pelo técnico Marquinhos Xavier criou boas chances para marcar – foram 32 finalizações e 72% de posse de bola -, mas pecou muito na hora da finalização. E contou com a segurança e reflexo do goleiro Guita, um dos melhores do mundo, para evitar em dois lances seguidos que a República Checa abrisse o placar. Depois do intervalo, o Brasil conseguiu desencantar. Logo no começo, Ferrão, o melhor jogador do mundo, aos dois minutos, em boa jogada individual pela direita do ataque, o ala encheu o pé para fazer 1 a 0. O gol deu confiança e, aos três, Gadeia serviu Ferrão, que girou para cima da marcação e bateu no canto para fazer o segundo tento brasileiro. Pouco tempo depois, aos sete minutos, após passe de Ferrão, Rodrigo finalizou com perfeição para fazer 3 a 0. Esse foi o 100 ° gol do fixo e capitão, chamado pelo companheiros de “Torpedo Humano”, com a camisa da seleção brasileira. A goleada foi completada com Marlon, no minuto final, com um chute de longe.

*Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan