Brasil dá o troco na Argentina e conquista o Sul-Americano masculino de vôlei

0
14


Reformulada, seleção contou com boa jornada de Maique para se vingar de um dos algozes das Olimpíadas de Tóquio

William Lucas/Inovafoto/CBVBrasil venceu a Argentina por 3 sets a 1 em final disputada na capital federal

A seleção brasileira masculina de vôlei reencontrou a Argentina um mês depois de perder a medalha de bronze nas Olimpíadas de Tóquio. Em Brasília, o time comandado por Renan Dal Zotto deu o troco, bateu a rival por 3 sets a 1 (5/17, 24/26, 25/18 e 25/18) e conquistou o título do Sul-Americano pela 33ª vez. Reformulado após a campanha decepcionante nos Jogos Olímpicos, o Brasil viu Maique, que não esteve no Japão, brilhar na final. ” É uma sensação indescritível estar na seleção. É muito emocionante porque a gente se dedica muito para chegar neste momento. Ganhar um clássico contra a Argentina é muito bom. Procuro botar minha alegria dentro de quadra para a energia não cair”, disse o líbero.

Além do craque da decisão, chegaram à seleção Aboubacar, João Rafael, Vaccari, Adriano, Flávio e Cledenilson. Wallace anunciou sua aposentadoria do time nacional logo após a participação brasileira em Tóquio. Contestado por algumas apresentações insatisfatórias nos Jogos, Maurício Souza não foi convocado. “Temos algumas peças que estão saindo do time, mas tem muita gente nova chegando. Estou muito feliz pelo Adriano, que é uma promessa e hoje já pôde comemorar o primeiro título Sul-Americano. Tem outros caras como o Vaccari, eu, que estamos há um tempo no time. Paris é logo ali, é importante o time estar entrosado nesse ciclo olímpico mais curto”, falou Maique.





Fonte: Jovem Pan