Bilionário, Jordan vira sócio de equipe da Nascar e terá único piloto negro da categoria

0
36


O maior jogador de basquete de todos os tempos é também o atleta mais rico da história; saiba em quanto é avaliada a fortuna dele

ReproduçãoMichael Jordan é considerado o maior jogador de basquete de todos os tempos

Dono de um patrimônio avaliado em R$ 11,3 bilhões, o astro do basquete Michael Jordan vai entrar em outra modalidade esportiva. Após protagonizar longa carreira de sucesso na NBA com o Chicago Bulls e de ter atuado também no beisebol, agora será a vez de se arriscar no automobilismo. Jordan terá uma equipe na Nascar, principal categoria americana de Stock Car, e vai estrear em 2021 com a presença do único piloto negro do grid, Bubba Wallace. A equipe de Jordan se chamará His Airness e terá como sócio minoritário Denny Hamlin, tradicional piloto da Nascar. O novo empreendimento do astro do basquete mundial foi anunciado na última segunda-feira. O piloto contratado pela equipe, Bubba Wallace, de 26 anos, está na categoria desde 2017 e é o único negro do grid.

Jordan afirmou que a chegada à Nascar serve para marcar uma nova era na diversidade da categoria. “Historicamente, a Nascar lutou contra a diversidade e houve poucos donos negros. O momento parece perfeito, uma vez que a Nascar está evoluindo e abraçando cada vez mais as mudanças sociais. Além do recente compromisso e doações que fiz para combater o racismo sistêmico, vejo isso como uma chance de educar um novo público e abrir mais oportunidades para os negros nas corridas”, disse.

Além da Nascar, o astro atualmente é proprietário da franquia do Charlotte Hornets e fã de automobilismo desde criança. “Como cresci na Carolina do Norte, meus pais levavam meus irmãos, irmãs e eu para as corridas, e fui um fã da Nascar minha vida toda”, disse. No novo projeto profissional, Jordan terá como piloto um dos nomes mais atuantes no grid em causas sociais. Wallace liderou protestos antirracistas na Nascar e questionou os atos de violência policial cometidos neste ano nos Estados Unidos. “Ele merece a oportunidade de competir por vitórias, e nossa equipe vai garantir que ele tenha os recursos para fazer isso. Fora das pistas, Bubba tem sido uma forte voz por mudanças em nosso esporte e em nosso país. Michael Jordan e eu o apoiamos totalmente nesses esforços e estamos ao lado dele”, comentou o sócio de Jordan, Denny Hamlin.

*Com informações do Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui