Benfica nega que Jorge Jesus tenha pedido para deixar o clube para voltar ao Flamengo

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A diretoria do clube português desmentiu o técnico em comunicado oficial, colocando mais ‘lenha na fogueira’ na situação de JJ com o Rubro-Negro carioca.

Reprodução/Instagram/
@slbenfica
O técnico Jorge Jesus em frente a um banner com nomes de patrocinadores, vestindo agasalho preto do Benfica
Jorge Jesus enquanto treinava o Benfica

Em conversa com Renato Maurício Prado, do UOL, o treinador Jorge Jesus afirmou que, no fim do ano passado, pediu ao Benfica para liberá-lo sem multa. De acordo com o Mister, sua ideia era abrir mão de seus vencimentos com o clube português para retornar ao Flamengo. Nesta sexta-feira, 6, no entanto, a diretoria da agremiação portuguesa desmentiu o técnico em comunicado oficial, colocando mais “lenha na fogueira” na situação de JJ com o Rubro-Negro carioca.

“O Sport Lisboa e Benfica esclarece que em nenhum momento Jorge Jesus solicitou que o deixassem sair do Clube ou se mostrou disponível para abdicar das remunerações a que teria direito até ao final da temporada”, diz a nota. Em dezembro de 2021, enquanto procurava um substituto para a vaga de Renato Gaúcho, a diretoria do Flamengo viajou para Portugal e se encontrou com Jorge Jesus. De acordo com a diretoria flamenguista, o treinador se recuou a deixar o time português. JJ, porém, disse que a cúpula do Rubro-Negro não ofereceu o cargo.





Fonte: Jovem Pan