Barcelona estima 3 meses de recuperação após Coutinho ser operado no joelho

0
13


Jogador sofreu uma lesão no menisco esquerdo na partida contra o Eibar, pelo Campeonato Espanhol; expectativa é que brasileiro desfalque o clube nas oitavas de final da Liga dos Campeões

Imagem: Getty ImagesEsta é a segunda lesão do meia brasileiro na temporada 2020/2021

Quatro dias depois de se lesionar na partida contra o Eibar, pelo Campeonato Espanhol, o meia brasileiro Philippe Coutinho, do Barcelona, passou neste sábado por uma cirurgia no menisco do joelho esquerdo. O clube da Catalunha informou através de seu site oficial e das redes sociais que o procedimento foi um sucesso e estima em três meses a recuperação completa. “Atualização médica: Philippe Coutinho passou com sucesso por uma cirurgia no menisco do joelho esquerdo lesionado. Ele ficará fora de ação por aproximadamente três meses”, disse o clube.

Caso a estimativa seja confirmada, o brasileiro vai desfalcar o time nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa contra o Paris Saint-Germain – em 16 de fevereiro, no estádio Camp Nou, em Barcelona, e 10 de março, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. Além desse confronto, também fica fora de mais da metade de um turno do Campeonato Espanhol – 11 rodadas e duas partidas adiadas. Na última terça-feira, o brasileiro havia entrado no segundo tempo no lugar do bósnio Miralem Pjanic, mas não conseguiu terminar a partida por causa do problema no joelho esquerdo – jogou apenas 20 minutos. O time teve de seguir com um jogador a menos nos instantes finais.

Esta é a segunda lesão do meia brasileiro na temporada 2020/2021, uma vez que já ficou um mês parado por conta de uma contusão no bíceps femoral da perna esquerda após o clássico contra o Real Madrid. Desde sua volta do Bayern de Munique, onde estava por empréstimo, Philippe Coutinho disputou 14 jogos, anotou três gols e distribuiu duas assistências. Ele foi titular em 10 ocasiões e somou até agora 791 minutos (média de 56,5 por partida). Não saiu do banco de reservas em duas ocasiões.

Contratação mais cara da história do Barcelona, por 130 milhões de euros (cerca de R$ 507 milhões na cotação da época), em janeiro de 2018, Coutinho tem 90 partidas pelo time catalão. Quando completar a marca centenária, o clube espanhol terá que pagar ao Liverpool mais 20 milhões de euros (R$ 126 milhões no câmbio atual). O brasileiro é mais uma baixa importante para um elenco que já não conta há algum tempo com jogadores chaves como Ansu Fati, Piqué e Sergi Roberto.

*Com Estadão Conteúdo





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui