Após desistências causadas por polêmica, Tóquio 2020 entra em contato com voluntários

0
33


Tentativa de contato foi feita neste sábado, 6,  através de e-mails nos quais a organização pediu desculpas  “pelos “comentários inadequados que vão contra o espírito olímpico”

EFE / EPA / FRANCK ROBICHON

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio-2020 entraram em contato com voluntários que irão participar do evento para pedir desculpas por comentários sexistas do presidente do Comitê, Yoshiro Mori. A tentativa de contato foi feita neste sábado, 6,  através de e-mails, que foram compartilhados nas redes sociais, nos quais a organização pediu desculpas  “pelos “comentários inadequados que vão contra o espírito olímpico”. “Queremos realizar um evento que contribua para atingir uma sociedade em que nossas muitas diferenças sejam naturalmente reconhecidas e aceitas”, diz o comunicado, que tenta evitar mais desistências.

No episódio citado, Mori, que tem 83 anos, fez comentários sobre a necessidade de limitar o tempo de discurso de mulheres em reuniões do conselho por elas terem tendência a falar demais. As falas geraram polêmica e protestos no país e no exterior. Depois do episódio, o presidente pediu desculpas durante uma coletiva realizada na quinta, 4. Ele também pediu para permanecer no cargo. O governador de Tóquio, Yuriko Koike, disse que a declaração motivou a desistência de voluntários. A expectativa do Comitê era de recrutar 80 mil voluntários para apoio a atletas.

*Com informações da EFE





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui