Yasmin Brunet diz que Medina foi ‘absurdamente roubado’ nas Olimpíadas de Tóquio

0
24


Modelo fez uma live indignada e falou que brasileiros tinham que cobrar o COB e a CB Surf

Yasmin Brunet fez uma live para falar sobre Medina ter perdido a medalha em Tóquio

A modelo Yasmin Brunet não gostou nada de ver o namorado, o surfista Gabriel Medina, ficar de fora do pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio e fez uma live demonstrando sua indignação. Na visão de Yasmin, o atleta perdeu porque foi roubado e isso deveria ser reivindicado pelo Brasil. “A galera está lá para representar os brasileiros, está lá para defender eles. Todo mundo aqui viu que o Gabriel foi absurdamente roubado. Eles fizeram alguma coisa? Não! Vão fazer alguma coisa? Não! Eles não vão fazer nada”, declarou. No calor do momento, a modelo ainda disse: “Eu queria pedir para vocês, por favor, irem no Instagram do COB [Comitê Olímpico do Brasil], da CB Surf [Confederação Brasileira de Surf], do Time Brasil e perguntem para eles por que eles vão deixar um atleta deles ser completamente roubado. Por quê? É assim quem eles defendem os atletas? Acho que agora vocês vão começar a entender o que eu estava falando desde o início”.

O assunto também está repercutindo no Twitter nesta terça-feira, 27, e muitos brasileiros concorda com Yasmin. Vários seguidores estão dizendo na rede social que Medina foi “assaltado” no Japão e isso está rendendo muitos memes. Em Tóquio, o surfista vencia a disputa contra o japonês Kanoa Igarashi e estava perto de se tornar o primeiro finalista da categoria nas Olimpíadas de Tóquio, mas nos minutos finais seu oponente conseguiu superar sua pontuação. Com isso, o japonês disputou a final com Ítalo Ferreira, mas o brasileiro se saiu melhor e conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil em Tóquio 2020. Já Medina disputou a medalha de bronze com o australiano Owen Wright, mas não venceu e acabou em quarto lugar. “Dei meu melhor, é foda quando isso acontece, dá uma tristeza, desculpa galera… valeu pela torcida! Seguimos! Fé em Deus”, escreveu Medina no Instagram.





Fonte: Jovem Pan