Xuxa processa vereador que a chamou de ‘assediadora de menores’; entenda

0
21


Anderson Campos, de Nilópolis, criticou a apresentadora por pedir o impeachment de Bolsonaro

Reprodução/Instagram/xuxameneghel/07.07.2021Xuxa moveu uma ação contra Anderson Campos, vereador de Nilópolis

A apresentadora Xuxa Meneghel abriu um processo contra Anderson Campos, vereador de Nilópolis, município do Rio de Janeiro. A ação, na qual a Jovem Pan teve acesso, indica que a artista acusa o político de calúnia, injúria e difamação e, segundo o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), a “ação foi distribuída para a 1ª Vara Criminal de Nilópolis no dia 28 de junho e está para conclusão do juiz Alberto Fraga”. Nas redes sociais, Anderson, que apoia o atual governo, se pronunciou sobre o assunto divulgando nos stories do Instagram que está sendo processado por ter chamado a apresentadora de “assediadora de menores” em um discurso feito na Câmara Municipal de Nilópolis. Xuxa havia divulgado nas redes sociais que assinou um pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro que foi protocolado pelo movimento Vidas Brasileiras, do qual ela também faz parte.

“Que moral que uma assediadora de menores como a Xuxa, um desvirtuador de bons costumes como o Felipe Neto e um usuário de drogas como o Casagrande tem para pedir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro? Qual foi o crime que ele cometeu? Foi de fazer filme com menor de idade como a Xuxa?”, declarou o vereador referindo-se ao filme “Amor Estranho Amor” – estrelado pela apresentadora em 1982. Anderson também fez um post no Instagram no dia 26 de maio, no qual chamou novamente a rainha dos baixinhos de “assediadora de menores”. Dois dias antes, no dia 24 de maio, Xuxa postou um vídeo no Instagram no qual critica a gestão de Bolsonaro diante da pandemia de Covid-19: “Faço parte do movimento Vidas Brasileiras, somos cidadãos de todas as áreas, sem motivação partidária e ideológica. Queremos salvar vidas e entendemos que esse governo é o principal responsável por tantas mortes, por isso, entregamos um pedido de impeachment do presidente da República”.





Fonte: Jovem Pan