Xuxa pede desculpas por fala sobre testagem de produtos em prisioneiros ‘Julguei, maltratei’

0
12


Durante live nesta sexta-feira, 27, a apresentadora defendeu que a ‘vida’ de detentos poderia ser usada ‘para ajudar outras pessoas’

Reprodução/Instagram/xuxamenegheloficialXuxa, que faz aniversário nesse sábado, agradeceu aos internautas pelos comentários e julgamentos recebidos

A apresentadora Xuxa pediu desculpas pela sua declaração favorável à testagem de medicamentos cosméticos e remédios em prisioneiros. O pronunciamento acontece após a apresentadora ser critica nas redes sociais por dizer que a vida dos detentos poderia ser “usada” para ajudar outras pessoas. “Vai vir um pessoal dos Direitos Humanos e dizer que ‘não, eles não podem ser usados’. Mas acho que se são pessoas que está provado que irão passar sessenta anos na cadeia, cinquenta anos na cadeia e que irão morrer lá, acho que poderiam usar ao menos um pouco da vidas delas para ajudar outras pessoas”, disse durante live realizada no Instagram da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

Na madrugada deste sábado, no entanto, a famosa admitiu o erro e pediu desculpas ao público. “Estou aqui pedindo desculpas a todos vocês. Não usei as palavras certas. Pensei uma coisa, pensei muitas coisas, quis falar sobre muitos assuntos e não fugir do assunto que era animais, maus-tratos, pessoas que fazem muitas coisas maltratando vidas e também fiz a mesma coisa. Também julguei, maltratei, usei palavras que não deveriam ter sido usadas. Então estou aqui pedindo desculpas”, disse em vídeo compartilhado nas redes sociais. A apresentadora, negou, no entanto, que estivesse fazendo uma referência racial.

“Algumas pessoas usaram a expressão de que eu teria falado sobre raça, sobre negros, sobre presidiários negros, pobres. Não me passou nada disso pela cabeça”, esclareceu, defendendo que pensava, durante a fala, em “uma pessoa que estupra uma criança” e fica anos em um presídio e, dessa forma, “poderia pensar em ajudar outras pessoas de alguma maneira”. “É errado? É errado. Me expressei mal? Me expressei mal”, afirmou. Xuxa, que faz 58 anos neste sábado, agradeceu aos internautas pelos comentários e julgamentos recebidos. “Quem sou eu pra dizer que essas pessoas estão ali, devem morrer ali, quem sou eu pra fazer isso? Se estou fazendo isso, estou sendo ruim tanto quanto as outras pessoas que também maltratam outras vidas e não deveriam fazer isso”, disse. “Eu errei e peço desculpas a vocês.”





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui