Xamã encara a batalha de lançar o primeiro single solo após a explosão de ‘Malvadão 3’ | Blog do Mauro Ferreira

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


♪ Xamã já tem três álbuns – Pecado Capital (2018), O iluminado (2019) e Zodíaco (2020) – e uma dezena de singles. Contudo, lançar o inédito single Dublê de marido é para o rapper carioca de 32 anos – nascido Geizon Carlos da Cruz Fernandes em Sepetiba, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro (RJ), em 30 de outubro de 1989 – como encarar a prova de um segundo disco.

É que Dublê de marido, single posto em rotação ontem, 11 de maio, é o primeiro lançamento solo do artista desde Malvadão 3 (2021), single formatado pelo rapper com Gustah e Neo Beats e lançado em 30 de novembro.

Antes do fim do ano passado, Malvadão 3 já era hit mundial nas paradas dos players digitais. Após a explosão do tema, Xamã até lançou em fevereiro um single, Cash (2022), mas como convidado de Jovem Dex.

Capa do single ‘Dublê de marido’, com Gretchen — Foto: Divulgação

Música que gerou clipe de estética cyberpunk gravado por Xamã com Gretchen (vista na capa do single), Dublê de marido foi formatada com produção musical de Pedro Lotto. A faixa mixa o rap com toques de funk, trap e R&B, investindo em sonoridade diferente da batida de Malvadão 3.

Ex-camelô que debutou aos 27 anos nas batalhas de rimas com pseudônimos como Deadpool e Nightwolf , Xamã certamente sabe que, na realidade, Dublê de marido entra em cena para atender expectativas mercadológicas, mesmo que alheias.

Tanto que, na letra do novo tema, o rapper cita nominalmente a franquia que lhe deu projeção além das fronteiras do Brasil. “Eu sei que quase nada te impressiona / Mas, se quiser fugir do mundo, me aciona / Eu sou seu malvadão, cê é minha malvadona”, canta Xamã, alardeado como “o maior nome do hip hop nacional na atualidade” no texto enviado à imprensa para promover a edição do single Dublê de marido.

Xamã alude ao hit ‘Malvadão 3’ na letra de ‘Dublê de marido’ — Foto: Divulgação



Fonte: Pop & Arte