Vítima de agressão, ex-mulher do DJ Ivis conta que era aconselhada a ser submissa

0
32


‘Sofria sozinha com minha filha, sem apoio até dos que se diziam estar ali para ajudar’, afirmou

Reprodução/Instagram/pamellaholanda/12.07.2021Pamella Gomes de Holanda agradeceu o apoio após as agressões do DJ Ivis

Pamella Gomes de Holanda, ex-mulher de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, fez um pronunciamento após os vídeos em que é agredida pelo artista com tapas, socos e chutes, gerar uma grande repercussão nas redes sociais. Nos stories do Instagram, Pamella agradeceu o apoio que está recebendo e tranquilizou as pessoas que estão preocupadas com ela. “[Quero] dizer que não estou bem, mas que estou segura, eu e minha filha. E dizer também que hoje o meu choro é de alívio por ter certeza que Deus está com a gente, que nunca mais vou viver o que vivi e que não preciso mais fingir para ajudar ninguém. Não existe fama, status, dinheiro, posição social, contato ou influência que permita ele [DJ Ivis] de ficar impune”, escreveu.

Após expor vídeos em que é vítima de violência doméstica, Pamella disse que “acabou a vida de comercial de margarina” que era mantida para o artista “ganhar em cima”. “Eu me calei por muito tempo! Eu sofria sozinha com minha filha, sem apoio até dos que se diziam estar ali para ajudar, que eram coniventes e presenciavam tudo calados sem interferir com a desculpa que eu tinha que aguentar calada porque era o ‘jeito dele’, era esse ‘o temperamento dele’ e que se eu quisesse viver com ele teria que me sujeitar e ser submissa! Não se calem jamais, eu não vou me calar”, afirmou. Pamella registou um boletim de ocorrência e conseguiu uma medida protetiva. O caso segue sendo muito comentado nas redes sociais e Xand Avião se manifestou dizendo que demitiu o DJ da empresa de gerenciamento de artistas que possui.





Fonte: Jovem Pan