Sumiço de Hadballa no ‘Power Couple 6’ intriga público; Galisteu esclarece se houve expulsão

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Ex-BBB teria se irritado após Brenda Paixão ganhar o direito de refazer uma prova no reality da Record

Divulgação/RecordHadson Nery e Eliza
Hadson Nery e Eliza continuam no ‘Power Couple 6’

O sumiço de Hadson Nery, o Hadballa, e da sua parceira, Eliza, do “Power Couple 6” nesta segunda-feira, 10, intrigou o público que acompanha o reality pelo pay-per-view. Além do casal não ser visto na Mansão Power, a transmissão ao vivo foi interrompida no PlayPlus durante boa parte do dia. A confusão teria começado por causa de uma prova que Brenda pôde refazer após problemas técnicos. Isso teria dado vantagem à ex-participante do “Brincando com Fogo”, da Netflix, algo que irritou Hadballa, que já se desentendeu com Brenda e seu parceiro, Matheus Sampaio, no programa. Em uma conversa com Fernando, par de Ivy Moraes, o ex-BBB disse que tem “cisma” com a Record e que só entrou no “Power Couple” porque o cachê era bom. 

Eliza também demonstrou estar irritada com o fato de Brenda ter refeito a prova e, ao falar do assunto com Anne Duarte, seu microfone foi silenciado. Foi depois disso que o ex-BBB e sua parceira não foram mais vistos na Mansão Power. O público começou a cogitar uma expulsão e, com a repercussão, a apresentadora Adriane Galisteu declarou nas redes sociais que ninguém foi expulso do programa: “Todos os casais seguem na competição e agora estão indo para uma prova externa”. A prova em questão não será exibida no pay-per-view. Procurada pela Jovem Pan, a Record confirmou o que foi dito por Galisteu no Twitter e enfatizou que nenhum casal deixou a competição. O motivo do sumiço de Hadballa e Eliza e os cortes na transmissão ao vivo não foram explicados. O casal têm sido um dos mais polêmicos da edição. Em uma dinâmica que aconteceu no último domingo, 8, por exemplo, Hadson quase partiu para a agressão após discutir com Brenda e ser chamado de “machista” por Matheus.





Fonte: Jovem Pan