Repórter da Globo explica por que chorou ao entrevistar Ítalo Ferreira

0
27


Guilherme Pereira disse que lembrança do pai já falecido e história de vida do surfista o emocionaram

Reprodução/Globo/27.07.2021Guilherme Pereira falou no Encontro sobre a entrevista com Ítalo Ferreira

O repórter da Globo Guilherme Pereira se emocionou ao entrevistar o surfista Ítalo Ferreira após o atleta conquistar a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O vídeo em que o atleta e o jornalista choram durante a entrevista viralizou nas redes sociais e nesta terça-feira, 27, Guilherme explicou no “Encontro” por que ficou tão emocionado. “Vou tentar ser o mais sincero possível para tentar explicar”, começou dizendo. “Claro que nós, jornalistas, estamos aqui [em Tóquio] para cumprir nossa missão, que é levar informação, mas nesse caso, quando o Brasil conquista uma medalha de ouro em uma Olimpíada, em um momento tão especial, é difícil não ser levado por essa emoção que contagia todo mundo que está aqui, não só os jornalistas brasileiros.”

Acompanhar de perto a vitória do brasileiro não foi o único motivo que fez o repórter se emocionar. “Eu sou completamente apaixonado pelo surfe, gosto muito de estar perto do mar e tenho essa conexão porque eu perdi meu pai e ele era extremamente maluco pelo mar e sempre me levava para a praia”, contou. A história de vida de Ítalo também foi algo que deixou Guilherme mexido. “O principal foi me identificar com a emoção do Ítalo por toda a história de vida que ele tem, que é muito bonita. Sair de onde ele saiu para chegar até aqui e conquistar uma medalha de ouro olímpica. O Ítalo é um exemplo, um retrato do nosso Brasil. Ele é de uma cidade pequena [Baía Formosa, Rio Grande do Norte], do Nordeste, que se dedicou, trabalhou e se tornou campeão olímpico. Impossível segurar [a emoção]”, finalizou. O brasileiro disputou a final do surfe com o japonês Kanoa Igarashi e venceu com uma boa vantagem.

 

 





Fonte: Jovem Pan