Poodle de “War Pony” ganha a Palma Canina em Cannes

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Por Mindy Burrows

CANNES, França (Reuters) – Os fãs de cinema precisam esperar até sábado para conhecer o ganhador do prêmio principal do Festival de Cinema de Cannes, a Palma de Ouro, mas os verdadeiros ladrões de cena recebem seus prêmios um dia antes, na cerimônia anual da Palma Canina.

Britney, uma poodle que protagoniza a estreia na direção de Riley Keough, “War Pony”, foi coroada a melhor este ano, conquistando o cobiçado prêmio da coleira dourada.

Britney, que interpreta uma personagem muito amável chamada Beast (Fera), não pôde comparecer à cerimônia, mas dois poodles com penteados elaborados apareceram para receber seu prêmio.

Keough e a codiretora Gina Gammell celebraram o prêmio por meio de um vídeo pré-gravado, dizendo que estavam “muito honrados”.

Cães de todas as formas e tamanhos -incluindo veteranos experientes do evento popular– se reuniram na praia ao longo da Croisette, ladeada por palmeiras, na cidade do sul da França, para participar da cerimônia.

Criado em 2001 pelo jornalista de cinema Toby Rose, o prêmio Palma Canina homenageia os melhores cães da telona, com categorias que incluem prêmio do júri e a chamada “Palma DogManitarian”, celebrando o vínculo entre as pessoas e seus companheiros caninos.

O “dogmanitarian” deste ano foi Patron, um Jack Russell Terrier em Kiev que detecta bombas com o nariz.

Um novo prêmio foi adicionado este ano, em homenagem ao filme biográfico “Elvis”, de Baz Luhrmann, um dos principais atrativos do festival. Foi para Titane, um vira-lata com orelhas pontudas.







Fonte: Mix Vale