‘O Gambito da Rainha’: saiba detalhes da série limitada mais assistida da Netflix

0
49


A produção estrelada por Anya Taylor‑Joy é considerada limitada por contar com apenas sete episódios; a trama conquistou o público abordando a história de uma jovem prodígio do xadrez

Divulgação/NetflixAnya Taylor‑Joy protagoniza a série limitada ‘O Gambito da Rainha’

O Gambito da Rainha” chegou de mansinho e já ocupa o posto da série limitada (ou seja, possui uma quantidade limitada de episódios) mais vista da Netflix. O sucesso da produção parece ter surpreendido até a própria plataforma de streaming, que nunca divulga seus dados da sua audiência, mas confirmou a Jovem Pan que o drama estrelado por Anya Taylor‑Joy bateu, sim, recorde de visualizações. Em menos de um mês, a série foi vista em 62 milhões de lares – chegando ao Top 10 em 92 países e ficando em primeiro lugar em 63 países.  A série de apenas sete episódios está disponível em mais de 190 países e conta a história de Beth Harmon, uma órfã prodígio que se interessa por xadrez ao ver Shaibel (Bill Camp), zelador do orfanato em que vive, jogando. Ao mostrar o que aprendeu apenas observando o jogo, ela consegue convencer o zelador a ensiná-la as regras do jogo e, em pouco tempo, ela se torna a melhor jogadora da cidade.

A trama de Scott Frank é baseada no romance homônimo de Walter Trevis, publicado em 1983, e aborda questões como vício, machismo, abandono e esperança. “Estou encantado e atordoado com a resposta. É muito além do que qualquer um de nós poderia ter imaginado”, afirmou o diretor, que já trabalha em outra série limitada, ao The Hollywood Reporter. Peter Friedlander, executivo da Netflix que conduziu a produção, atribuiu o sucesso da série aos temas que são abordados na história, pois cruzam culturas e idiomas. “O que Scott executou foi fenomenal em termos de precisão da arte, mas no centro de tudo está esta personagem incrível, interpretada pela incomparável Anya Taylor-Joy. Acho que as pessoas estão realmente se conectando com a jornada da jovem oprimida. Ela teve desafios em cada etapa do caminho e ainda assim é incrivelmente determinada, única e sem medo de quem ela é e de quem ela quer ser”, afirmou.

Uma curiosidade é que a protagonista da trama não sabia jogar xadrez e foi aprendendo junto com a sua personagem. Em entrevista ao Late Night with Seth Meyers, Anya Taylor‑Joy contou que aprendia as jogadas “cinco minutos antes” das gravações, pois não seria possível ela memorizar 350 jogos com muita antecedência. A atriz também revelou que decidiu por conta própria estudar a parte teórica do xadrez, mas que isso não a ajudou muito porque a prática é muito mais complicada. Outro ponto interessante é Anya aceitou protagonizar “O Gambito da Rainha” depois que leu o livro que inspirou a série. Ela contou, ao site Netflix Queue, que se apaixonou pela história e pela personagem através da obra literária e correu atrás de Scott para aceitar o papel e dizer que a personagem tinha que ser ruiva. A Netflix informou a Jovem Pan que ainda não foi definido se a produção ganhará uma nova temporada.





Fonte: Jovem Pan