Mudança no visual em área portuária tira de Liverpool status de Patrimônio Mundial da Unesco | Mundo

0
11


A cidade de Liverpool, na Inglaterra, foi retirada da lista da Unesco de Patrimônio Mundial nesta quarta-feira (21) porque novas construções e adaptações prejudicaram o visual das docas da cidade com arquitetura do período vitoriano (1837-1901).

Unesco tira porto de Liverpool da lista de patrimônios mundiais
Unesco tira porto de Liverpool da lista de patrimônios mundiais

Unesco tira porto de Liverpool da lista de patrimônios mundiais

Com isso, a cidade no Reino Unido se tornou o terceiro local a ser removido da lista (saiba mais sobre outras cidades fora da lista no fim da reportagem).

Liverpool foi nomeada Patrimônio Mundial pela organização cultural da ONU em 2004, se juntando a referências como a Grande Muralha da China, o Taj Mahal e a Torre de Pisa.

Após uma votação na China de membros do Comitê do Patrimônio Mundial, a Unesco afirmou que novos prédios em Liverpool prejudicavam a “autenticidade e integridade” da cidade.

Região portuária de Liverpool, na Inglaterra, nesta quarta-feira (21) — Foto: Jason Cairnduff/Reuters

Liverpool — lar dos Beatles — foi colocada na lista em reconhecimento ao seu papel como um dos portos mais importantes do mundo durante os séculos XVIII e XIX e pela sua beleza arquitetônica.

Joanne Anderson, prefeita de Liverpool, disse que a decisão de retirar a cidade da lista era “incompreensível” e chega uma década depois da última visita das autoridades da Unesco. Anderson afirmou que espera apelar da decisão.

Área portuária de Liverpool, na Inglaterra, nesta quinta-feira (21) — descaracterização de docas históricas levaram a Unesco a tirar da cidade britânica status de Patrimônio Mundial — Foto: Peter Byrne/PA via AP

Os outros únicos locais que perderam o título foram um santuário de vida selvagem em Omã, em 2007, após caça ilegal e destruição de habitat, e o vale do Elba, em Dresden, Alemanha, em 2009, quando uma ponte com quatro faixas foi construída sobre o rio.

O selo de Patrimônio Mundial concede a locais históricos acesso a fundos de conservação da ONU e também os coloca em guias turísticos do mundo inteiro.



Fonte: Pop & Arte