Morre o cantor Genival Lacerda vítima da Covid-19 aos 89 anos

0
11


Cantor estava internado há cerca de um mês e acabou não resistindo; os filhos do artista se manifestaram nas redes sociais

Reprodução/Instagram/cantorjoaolacerdaGenival Lacerda deixou dois filhos e sua marca na música popular brasileira

O cantor Genival Lacerda morreu nesta quinta-feira, 7, após contrair Covid-19 e passar cerca de um mês internado. Segundo divulgado pela assessoria de imprensa do artista, ele deu entrada no hospital no novembro e, ao fazer o tratamento contra a doença, ele chegou a apresentar uma melhora clínica, mas acabou não resistindo. O paraibano tinha 68 anos de carreira e ficou conhecido em todo o Brasil como Rei da Munganga. O estilo único de cantar e o humor que imprimia em suas canções se tornaram marca registrada do nordestino que bombou em todo país com Severina Xique Xique e Radinho de Pilha. Outros sucessos da carreira do artista foram Mate o Véio e Quem Dera, que ocupou o primeiro lugar nas rádios brasileiras por alguns anos. Genival Lacerda Filho postou nas redes sociais: “Painho faleceu”.

João Lacerda, outro filho do artista, postou uma homenagem ao pai: “Hoje perdi um dos maiores amigos de minha vida, amigo da música, de ensinamentos, amigo que na hora de brigar, sempre brigava e minutos depois nem lembrava que brigava, porque não guardava mágua de ninguém. Meu anjo da guarda, minha Luz, minha vida, hoje ele fez sua última viagem para ficar ao lado do Senhor Deus. Ainda ontem lembro-me de seu sorriso, de apertar sua mão! Agora terei de aprender a viver com sua imagem, e lembranças de um bom pai. Vai na paz meu pai, sempre te amarei, teu João Lacerda”.





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui