Kim Kardashian chora ao lembrar assalto de 2016: ‘Achei que Kourtney ia me encontrar morta’

0
22


Socialite teve quarto invadido em hotel de Paris enquanto sua irmã estava fora com o segurança

ReproduçãoKim Kardashian se emocionou ao lembrar de trauma durante entrevista com

Kim Kardashian se emocionou ao lembrar do assalto que sofreu em 2016, quando teve um quarto de hotel invadido por dois homens em Paris, na França. A socialite foi a entrevistada do “My Next Guests No Needs No Introduction”, de David Letterman. Na ocasião do roubo, Kim estava em viagem com sua irmã, Kourtney, mas ela tinha saído com o segurança e deixado a empresária sozinha. Ao ouvir passos no corredor, Kim achou que fosse a irmã retornando, mas logo dois homens vestidos de policiais invadiram o quarto. Como Kim usava apenas um robe, seu primeiro pensamento foi que seria abusada sexualmente. “‘Eu estava tipo:’ OK, esta é a hora em que vou ser estuprada. Isso vai acontecer, basta se preparar’”, lembrou.

A mais velha das irmãs Kardashian ainda recordou que os homens foram atrás do novo anel que ela tinha ganhado do marido Kanye West, o mesmo que, horas antes, ela havia compartilhado imagens nas redes sociais. A joia era avaliada em US$ 4,5 milhões. Os homens logo a seguraram pedindo o anel, então a amarram. “Não sei por que estou chorando, já falei sobre isso antes… Então ele me amarrou com algemas e, em seguida, fita adesiva em minha boca e meus olhos”, disse, às lágrimas. Outro pensamento de Kim foi no retorno da irmã ao quarto. “Fiquei pensando em Kourtney, tipo: ‘Ela vai voltar, eu vou estar morta no quarto e ela vai ficar traumatizada pelo resto da vida’.”





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui