Kanye West é banido do Twitter por Elon Musk após ‘incitação à violência’

Rapper fez posts de teor anti-semita e publicou uma imagem da suástica nazista unida à estrela de Davi

SAUL LOEB / AFPKanye West
Após posts polêmicos, Kanye West foi banido do Twitter por Elon Musk

O rapper Kanye West foi banido pelo empresário Elon Musk do Twitter após fazer um post com uma imagem contendo a suástica nazista unida à estrela de Davi, símbolo do judaísmo. O atual dono da rede social declarou que a conta foi suspensa por “incitação à violência”. O artista, também conhecido como Ye, fez outros tweets polêmicos na última quinta-feira, 1, que repercutiram e geraram críticas pelo teor anti-semita. Antes disso, o ex-marido da socialite Kim Kardashian elogiou Adolf Hitler durante sua participação no programa “Infowars”, comandado por Alex Jones. West somava mais de 32 milhões de seguidores no Twitter e deve ficar banido por pelo menos dois meses. Essa não é a primeira vez que o rapper faz comentários anti-semitas e também não é a primeira vez que ele teve suas contas nas redes sociais banidas. Desde que começou a dar declarações controvérsias, várias empresas encerraram o contrato que possuíam com o cantor, incluindo a Adidas e a Balenciaga. Segundo divulgado pela Variety, West afirmou que já perdeu US$ 2 bilhões por causa dos seus comentários. Ele também garantiu que vai concorrer à presidência dos Estados Unidos em 2024.



Fonte: Jovem Pan