Justin Bieber negocia venda de catálogo musical por R$ 1 bilhão; entenda

Acordo milionário inclui hits como ‘Sorry’, ‘Baby’ e ‘Love Yourself’; fãs do cantor repreendem valor

ANGELA WEISS / AFPJustin Bieber no Grammy 2022
Astro teen está em processo de acordo avançado com a empresa Hipgnosis Songs Capital

O cantor canadense Justin Bieber negocia a venda de todo o seu catálogo musical por US$ 200 mlhões de dólares. A informação foi apurada pelo jornal estadunidense Wall Street Journal, que afirma que o astro teen está em processo de acordo avançado com a empresa Hipgnosis Songs Capital. A mesma companhia já adquiriu os direitos de músicas de Justin Timberlake, como Cry Me A River, porém por valor inferior. Com a concretização do possível investimento, a Hipgnosis passa a ser dona de grandes sucessos do artista, como as músicas “Sorry”, “Baby”, “Love Yourself” e “Somebody to Love”, obtendo direito de reprodução seja em streamings, trilhas sonoras ou propagandas publicitárias. Nas redes sociais, os beliebers, como são conhecidos os fãs do canadense, afirmam que o valor não é o suficiente para o sucesso de Bieber. “Vender as próprias músicas? Justin Bieber, você está maluco?”, escreveu uma usuária. “Garoto, você está precisando de ajuda? Qualquer coisa a gente faz uma cesta básica, mas deixa de doideira”, acrescentou outra.



Fonte: Jovem Pan