Jovem de 17 anos desiste de plásticas para se tornar o Ken Humano: ‘Estou tirando um tempinho para mim’

0
15


Felipe Adam conta que pandemia limitou possibilidade de comprar maquiagem para se caracterizar como o boneco, o que o levou a se aceitar melhor

Reprodução / Instagram / @felipe__adamFelipe Adam diz que estava se perdendo entre ser ele próprio e ser o personagem ‘Ken’

O estudante Felipe Máximo Dias de Oliveira, conhecido como Felipe Adam nas redes sociais, anunciou que parou de representar a versão humana do boneco Ken e não irá mais seguir o sonho de fazer cirurgias para ficar mais parecido com o personagem. Felipe tem 17 anos, mora em Peruíbe, no litoral sul de São Paulo, e contou que passou a dar um tempo no hobby de ser Ken na internet — como não tinha idade para fazer as 42 operações que planejava, ele utilizava maquiagem para conseguir a aparência do boneco. “Desistir? Nunca, mas já me considero realizado! Até porque só estou tirando um tempinho para mim, porque o Ken não tem nada a ver com o Felipe”, afirmou, ao responder a um seguidor.

Em outro momento, Felipe respondeu a outro que estava “se perdendo” entre as duas identidades, a dele próprio e a de Ken, e que continuará representando apenas com maquiagem no futuro quando sua situação financeira melhorar. “Sempre foi uma diversão para mim, porém gosto tanto do personagem que acabei até querendo ser ele, mas eu sou eu. E, antes da pandemia, eu conseguia fazer os meus trabalhos e comprar as minhas makes. Porém, depois de todas as aparições, o preconceito aumentou e daí não consegui mais trabalhos como antes. Então, eu cheguei a passar necessidade em casa, meio que fui obrigado a deixar o meu personagem de lado. Mas continuo sendo o Ken apenas com make, porém sem condição nenhuma para manter tudo isso”, afirmou. O adolescente hoje não tem dinheiro para comprar os produtos necessários.





Fonte: Jovem Pan