Hugh Grant defende príncipe Harry: ‘Os tabloides assassinaram a mãe dele’

0
24

Hugh Grant defendeu a decisão do príncipe Harry e da duquesa Meghan de se afastar da Família Real e morar  parte do tempo no Canadá. Em entrevista ao  programa de Andy Cohen em uma rádio americana, ele lembrou da morte da mãe de Harry, a princesa Diana.

“Estou do lado do Harry. A imprensa de tabloides assassinou a mãe dele, agora estão acabando com a esposa dele”, disse o ator. “Como homem, ele deve proteger a família, então estou com ele.”

A princesa Diana, mãe de Harry, morreu em 1997, em um acidente de carro em Paris. Ela estava sendo perseguida por paparazzi pelas ruas da capital francesa e o veículo que ela estava colidiu com um pilar.

Outro astro britânico, o rapper Stormzy, também defendeu o casal real. Ele afirmou que não há motivo plausível para as pessoas não gostarem de Meghan Markle. “Ela é uma mulher doce, faz as coisas dela, e as pessoas a odeiam”, disse.

O plano de Harry e Meghan é se afastar dos compromissos da Família Real, em um movimento que vem sendo chamado de Megxit, em alusão à saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit. Eles querem trabalhar para se tornarem financeiramente independentes. A rainha Elizabeth II aceitou o pedido, mas ainda vai negociar o processo com o neto.


Fonte: Jovem Pan