Gwyneth Paltrow é processada por vender vela com fragrância de vagina que ‘explode’

0
14


Cliente entrou com uma ação alegando que o produto foi consumido pelas chamas e estragou o móvel em que foi colocado; empresa diz que a vela passou por todos os testes

Reprodução/Netflix/19.10.2021Empresa de Gwyneth Paltrow está sendo processada após vela ‘explodir’

A atriz Gwyneth Paltrow, da série da Netflix “The Politician”, está sendo processada por um cliente que comprou uma vela excêntrica com fragrância de vagina da sua empresa, a Goop. Colby Watson, do Texas, Estados Unidos, alegou que após três horas acesa, a vela foi consumida por grandes chamas e “explodiu”, estragando a mesa de cabeceira na qual foi colocada. As informações estão em documentos legais que o TMZ teve acesso. O produto foi comprado por Colby na loja virtual da Goop e foi usada pela primeira vez em fevereiro deste ano. O cliente declarou que há um aviso no site de que a vela deve ficar acessa apenas por duas horas, mas acredita que apenas esse alerta não é o suficiente e classificou o produto como perigoso.

Na ação, Colby alega que houve uma “violação da garantia e da responsabilidade pelos produtos” e pede uma indenização por danos morais que ultrapassa US$ 5 milhões. A empresa de Gwyneth se posicionou e, em nota enviada ao TMZ, afirmou que a vela passou por testes padrão que comprovaram sua segurança. “Estamos confiantes de que essa alegação é frívola e uma tentativa de garantir um pagamento excessivo de um produto. Nós confiamos nas marcas que representamos e na segurança dos produtos que vendemos”, declarou a empresa. Essa não é a primeira vez que clientes relatam problemas similares com a vela. Em janeiro deste ano, uma mulher também alegou que o produto explodiu e deixou um “inferno” em seu quarto. A vela com fragrância de vagina surgiu como uma brincadeira entre os perfumistas da empresa, mas logo começou a ser comercializada e se tornou o carro-chefe da Goop.





Fonte: Jovem Pan